Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Final Fantasy XV não terá problemas no rácio de fotogramas no lançamento

É no que acredita o seu director.

Hajime Tabata, director de Final Fantasy XV, está em Seattle para a PAX West e em conversa com o DualShockers, confessou que o jogo não deverá apresentar problemas no rácio de fotogramas quando chegar às lojas, algo que foi adiado de 30 de Setembro para 29 de Novembro.

Durante a Gamescom, Tabta confirmou que o jogo irá correr a 30 fotogramas por segundo na PlayStation 4 e Xbox One, com resolução dinâmica nas duas consolas, mas que de momento ainda existem áreas problemáticas que afectam o rácio de fotogramas. No entanto, está confiante que tal não irá acontecer no lançamento.

"É uma das razões para o adiamento. Quando os jogadores tiverem a oportunidade de o jogar, não queremos que encontrem esse problema," disse o director de Final Fantasy XV.

A respeito de melhorias, Tabata disse que a versão da PAX West não é muito diferente da versão Gamescom, mas que uma grande diferença, a liberdade na condução, já está presente nesta versão e era uma das coisas que seria implementada somente com a actualização de lançamento.

"Fora todo o elemento da optimização, o outro grande factor para o adiar foi o equilíbrio do jogo. Por exemplo, no sistema de subida de níveis. Queremos ter a certeza que as pessoas serão capazes de navegar melhor pela informação e jogar com facilidade. Estas melhorias estavam previstas para a actualização de lançamento."

Sobre o adiamento do jogo, Tabata disse ainda que a decisão foi tomada pouco antes do anúncio e que foi fácil convencer Yosuke Matsuda, CEO da Square Enix, pois trata-se de melhorar a qualidade de um jogo na série Final Fantasy, cujo apelo e reconhecimento é de nível mundial.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários