Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Final Fantasy 7 Remake acima dos 5 milhões de unidades vendidas

Melhor lançamento digital para a PlayStation na história da Square Enix.

A Square Enix revelou que já vendeu mais de 5 milhões de unidades de Final Fantasy 7 Remake em todo o mundo. Lançado a 10 de Abril para a PlayStation 4 em todo o mundo, a primeira parte do remake do clássico PS1 despertou imensa curiosidade entre novatos e veteranos, que o ajudaram a bater recordes na Square Enix. Segundo revelado pela companhia, já foram vendidas mais de 5 milhões de unidades de Final Fantasy 7 Remake em todo o mundo, contabilizando unidades enviadas para as lojas e unidades digitais vendidas através da loja online da PlayStation. A Square Enix diz que Final Fantasy 7 Remake se tornou no seu melhor lançamento digital apresentado na PlayStation. Estes mais de 5 milhões de unidades vendidas foram alcançados entre 10 de Abril e 30 de Junho de 2020, período englobado no primeiro trimestre do seu actual ano fiscal, para o qual Final Fantasy 7 Remake contribuiu imenso para alcançar resultados positivos. Anteriormente, tinha sido revelado que foram vendidas mais de 3.5 milhões de unidades de Final Fantasy 7 Remake em apenas 3 dias e isto significa que no resto de Abril, Maio e Junho foram vendidas mais 2 milhões de unidades. Actualmente, o jogo está disponível com desconto nas Promoções de Verão da PlayStation Store, a primeira descida de preço desde o lançamento.
Cover image for YouTube videoFinal Fantasy 7 Remake - Wall Market Gameplay (SPOILERS)

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article

Final Fantasy VII Remake

Video Game

Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários