Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

FIFA 23 - o futebol é divertido

Existe muito mais além de FUT.
FIFA 23 arranca com o FUT novamente em destaque, mas o Modo Carreira e Volta continuam divertidos e o gameplay enverga profundidade suficiente para recompensar os mais dedicados.

A EA Sports apresentou FIFA 23 no passado dia 27 de setembro e após mais de uma semana a jogar o seu mais recente esforço, posso dizer que é um dos melhores jogos da série dos últimos anos. Apesar da elevada familiaridade, é um jogo de ritmo anual, existe imenso esforço feito aqui para melhorar os principais modos de jogo e isso merece atenção.

Muitos farão a piada que isto é mudar equipamentos e o jogo é o mesmo, mas além da crítica fácil ao trabalho dos outros, algo que domina na humanidade, é possível perceber o esforço em ir além de FIFA 22. A edição deste ano é um jogo que muda algumas coisas, introduz outras e corrige muitos dos problemas descobertos com a primeira versão PlayStation 5 e Xbox Series de FIFA, mais especificamente nas animações da tecnologia Hypermotion e na inteligência artificial.

Ao apostar no realismo e autenticidade com nova tecnologia de captura de movimentos e inteligência artificial, a EA Sports acabou por deixar passar alguns problemas nesta tecnologia e FIFA 22 estava repleto de momentos embaraçosos na atual geração. É óbvio que estamos nos primeiros dias, o período de namoro de FIFA 23 em que tudo parece correr bem e milhões de jogadores ainda não massacraram as tecnologias e algoritmos da EA Sports, mas os primeiros sinais são positivos.

Tal como na vida real, passamos meses a apoiar a nossa equipa, muitos compram o lugar de temporada, descansamos uns meses e voltamos para mais uma dose de emoções, quotas e mais um pagamento de lugar de temporada. FIFA 23 representa futebol de continuidade, mas seja dentro ou fora dos revelados, existem esforços percetíveis para mudar a META (Most Effective Tactics Available) e implementar melhorias. Entre tudo o que aprendeste em FIFA 22 e todas as artimanhas descobertas, apenas algumas terão eficácia aqui.

Se não jogas FIFA de forma competitiva, provavelmente não precisarás de FIFA 23, apesar de existirem imensas opções para os mais casuais. Seja o futebol de rua, cujo progresso agora está sintonizado com os Pro Clubs, partidas locais ou Modo Carreira, há muito em FIFA 23 para quem deseja desfrutar de uma experiência offline e não competitiva. O Modo Carreira é muito intuitivo e dinâmico, seja no modo Treinador ou Jogador, capaz de divertir durante muito tempo, enquanto o Volta é aquela experiência de sabor alternativo e frenética, com imenso estilo arcada.

Apesar dos inúmeros esforços para otimizar a experiência FIFA nos modos Volta e Carreira (navegação mais intuitiva nos menus é um exemplo da tentativa de minimizar qualquer atrito no arranque e conhecimento destes modos), sem esquecer os esforços em torno do futebol feminino em FIFA 23, o último antes da transição para EA Sports FC, o modo FUT 23 será o prato principal para a esmagadora maioria que compra FIFA 23. É o modo competitivo, onde está o efeito panini, um serviço constantemente atualizado e com imensas recompensas para quem lhe dedicar o seu tempo.

FUT 23 é o modo principal da série FIFA há imensos anos e a galinha de ovos de ouro da EA Sports, sendo compreensível que seja o que mais esforço recebe. No entanto, apenas é dedicado aos mais competitivos, apesar de opções de jogo para casuais e a possibilidade de jogar Squad Battles contra o CPU, sentirás sempre que ao criar a melhor equipa do mundo merece descobrir como se compara a tua habilidade contra a de outros jogadores.

O FUT 23 permanece muito idêntico ao do ano passado, é quase como aquele momento em que o vinil termina e viras o lado para continuar a tocar, mas existem mudanças para tornar mais fácil a gestão da química e colocar jogadores em várias posições sem comprar novas cartas, sem esquecer os Momentos. Esta nova vertente de FUT 23 coloca-te perante desafios que tens de cumprir em determinado tempo e para quem prefere jogar maioritariamente a solo, é uma bela opção.

Inspirados por momentos que aconteceram na realidade, a EA Sports apresenta-te desafios específicos e se os cumprires, ganhas Estrelas FUT, uma nova moeda digital que serve para adquirir recompensas Momentos. É mais uma expansão das possibilidades FUT 23 e uma das melhores que vi nos últimos anos.

A base disto tudo é o gameplay, tal como referido é familiar, mas foram efetuadas várias mudanças para, em sintonia com as atualizações no desempenho dos futebolistas, criar um dinamismo diferente no relvado de FIFA 23. Algumas mecânicas foram alteradas (L1+R1 é agora o Power Shot, por exemplo), o drible com o analógico está diferente e até a forma como usas o Jockey exigirá um pouco de hábito. É como conduzir um carro, é tudo a mesma coisa, mas sentes diferenças entre os vários modelos.

Nesta fase inicial, FIFA 23 não permite tanto aquelas cavalgadas desenfreadas que se tornaram quase na essência de FIFA 22. A velocidade continua a ser importante, mas o uso das habilidades e drible são de igual importância. A EA Sports continua a apresentar gameplay que permite gratificação imediata e hábitos que resultam em golos fáceis, mas também recompensa a dedicação, boa equipa, boas táticas e bons comportamentos para dominar. FIFA 23 é um jogo capaz de diferenciar facilmente quem entende de futebol e quem o sabe jogar, afastando-os dos casuais através de profundidade conquistada através da leitura do jogo.

FIFA 23 mostra imenso de familiar com a versão do ano passado e tendo em conta que estamos perante um lançamento anual, é fácil perceber o porquê disso acontecer. No entanto, os ajustes feitos no gameplay, o refinamento da inteligência artificial e animações, juntamente com as mudanças no FUT 23, especialmente os Momentos, fazem com que seja um jogo mais divertido que o do ano passado. O Modo Carreira diverte quem prefere nem tocar no FUT, o gameplay agarra-te e acima de tudo continua a ser uma febre para quem vai aderir ao competitivo.

Prós: Contras:
  • O FUT 23 chega com os Momentos e Química simplificada
  • Modo Carreira recebeu otimizações e está divertido
  • Gameplay intuitivo com profundidade para os mais dedicados
  • Novas Repetições Hypermotion dão grandiosidade aos melhores golos
  • Melhorias importantes nas animações na atual geração
  • Melhorias nas animações e menos movimentos bizarros dos guarda-redes
  • Algumas animações bizarras nos festejos
  • Navegação nos menus iniciais precisa de melhorias

Descobre como realizamos as nossas análises, lendo a nossa política de análises.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários