Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

FIFA 09

Uma bela desmarcação junto à quina da área!

Futebol espectáculo. Portugal tem o sal e o tempero dos países latinos na vibração do futebol, o desporto-rei dos tempos modernos. Compreende uma Liga Sagres em que os clubes se nivelam mais por baixo, com três, ou esporadicamente quatro contendores encimados na luta pelo troféu posta mais uma época e uma “Liga dos últimos” que espelha o que mais de profundo e genuíno existe nos relvados secundários através de um escorreito e sublime apoio aos atletas. Sob chuva diluviana ou sol abrasivo os adeptos não arredam pé de uma relva geralmente bem aparada onde correm com outro fulgor uns artistas que fazem passes quase mágicos e remates à baliza de outra galáxia.

É assim o futebol, um mundo com especial fervura e aparte que a Electronic Arts Sports agarrou primeiro (o Figo, na selecção nacional ainda se chamava Luís Figarros), abocanhou depois (com todas as licenças e principais campeonatos) e catapultou para a fama há uma boa dezena de anos, fazendo de FIFA o primeiro “simulador” da bola a tornar-se num autêntico jogo para o povo. A coroa de louros terá induzido um efeito de sonolência na série que por anos parecia ter perdido a contenda para o grande rival Pro Evolution Soccer, mas volvido um pesado esforço para voltar à mó de cima, visível nas recentes edições, certo é que FIFA 09, a mais recente edição da série, prepara-se para jogar contra o adversário olhos nos olhos e com uma estratégia a pedir um comentário do Luís Freitas Lobo, Carlos Daniel ou Álvaro Costa.

Mas, para já, nada melhor que descer ao “balneário” da EA e trocar umas impressões com David Rutter, produtor do Fifa para a nova geração (Xbox 360 e PS3), para perceber como vai funcionar a nova temporada de futebol. Rutter chegava realmente suado (possivelmente teria acabado de jogar uma peladinha no exterior da Leipziger Messe) mas depressa ligou a Xbox 360 (foi a versão consola next-gen que ele tinha à mão) e, enquanto circulava pelos primeiros menus, começou pelos números: mais de 250 melhorias nos diversos aspectos relacionados com a jogabilidade que possibilitam um jogo mais directo, melhor física, dinâmica de jogo e posse de bola.

Peito aberto e braços esticados a lembrar o festejo do Phelps nas olimpíadas.

Ficamos surpreendidos com o “custom team tactics”, uma forma inovadora de organizar e personalizar a movimentação da equipa em campo, principalmente pela distribuição e actuação dos jogadores controlados pela inteligência artificial, cada vez que manobramos um jogador na defesa, meio campo ou ataque. Será possível depois gravar a táctica, entre uma infinitude de esquemas, numa especialidade que faz de cada jogador de comando um potencial treinador, e partilhá-la on-line com outros jogadores.

Uma grande atracção, senão a funcionalidade mais mediática deste FIFA 09, é o Adidas Live Season que poderá ser utilizado por todos os jogadores que tenham a consola permanentemente ligada à rede. Trata-se de uma base de dados que transpõe semanalmente, aponta-se para as quartas-feiras, as performances dos jogadores que actuaram em algumas ligas, durante o fim de semana, para a consola. Assim, dependendo da equipa que tiverem escolhido e respectivo campeonato para desafios particulares, campeonatos, jogos com amigos ou em rede, os vossos jogadores exibirão uma performance equivalente aos congéneres de carne e osso.

Imaginem que escolhem o AC Milan para jogar e que nesse fim de semana o Ronaldinho Gaúcho tirou a barriga de misérias e abasteceu o pecúlio de golos da equipa com um belo hat-trick contra a Sampdoria. Se o puserem a jogar a titular no vosso Fifa esperem que o pé dele pegue lume a cada remate. Infelizmente a nossa Liga Sagres não vai figurar no conjunto de campeonatos eleitos para observação atenta e actualização, pelo que a opção será válida para outros campeonatos. O futebol espanhol estará representado com a primeira e segunda ligas, sendo o Live Season extensível ainda ao campeonato inglês, italiano, alemão, francês e mexicano(?!). Esta afectação em tempo real do comportamento dos jogadores dependerá da ligação da consola à internet. É meramente opcional jogar com a base de dados actualizada.

Sobre o Autor

Vítor Alexandre avatar

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Comentários

More Previews

Artigos mais recentes