Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Ezra Miller não trabalhará em mais filmes da DC após The Flash

Warner Bros Discovery tem um problema nas mãos.

A Warner Bros Discovery tem nas mãos a primeira crise para resolver, os incidentes em torno de Ezra Miller, que ao longo das últimas semanas tem dado imenso que falar, especialmente porque as autoridades pretendem encontrar e conversar com o ator.

Miller já apareceu em dois filmes da DC e Warner Bros., mas terá direito a protagonizar o seu próprio filme em The Flash, agendado para junho de 2023, mas este filme cujo orçamento chega aos 200 milhões de dólares será o seu último trabalho com a Warner Bros.

Uma vez que se trata do protagonista e está presente na esmagadora maioria das cenas, trocar de ator seria demasiado dispendioso e a Warner Bros. Discovery terá de seguir com Miller para The Flash, mas o Deadline avança que é o último filme do ator com a companhia e a sua presença na promoção mundial está a ser debatida.

Mesmo que não sejam feitas acusações contra Miller, a Warner Bros. terá de lidar cuidadosamente com a situação para não deixar que um projeto de 200 milhões de dólares seja afetado por cabeçalhos escandalosos.

Ao longo das últimas semanas, o ator de 29 anos foi notícia devido a uma ordem de restrição por assédio de uma criança de 12 anos e a sua mãe, que acusam o ator de agir de forma ameaçadora com a criança, enquanto os pais de uma jovem de 18 anos também apresentaram aos juízes os papeis para pedir proteção contra o ator, que alegadamente cortejou a jovem.

A acusação alega que o ator é violento, intimidatório, usa o meio e paranoia, até drogas, para persuadir a sua filha de 18 anos a fazer as vontades e leva-la consigo em viagens, o que levou Miller a ser procurado pelas autoridades para prestar declarações, mas continua em fuga.

Anteriormente, mas igualmente recentemente, o ator foi preso em duas ocasiões devido à sua participação em tumultos em locais públicos.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários