Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Ex-Naughty Dog diz ter sido alvo de assédio sexual

"Ofereceram-me 20,000$ pelo meu silêncio."

David Ballard, ex-funcionário da Naughty Dog, falou publicamente sobre uma situação de assédio sexual da qual foi alvo, enquanto trabalhava no estúdio de Uncharted.

David Ballard.

Ballard explica que a situação ocorreu no final de 2015 e a sua mensagem pública sobre o caso foi partilhada através do Facebook e mais tarde através do Twitter.

Após o assédio, Ballard diz que sofreu de um desgaste mental e que após explicar a situação aos recursos humanos da PlayStation, a companhia ofereceu-lhe, segundo alega, uma quantia substancial de dinheiro para sair em silêncio - um acordo que recusou.

Eis a sua declaração completa:

As declarações públicas da Ballard chegam após uma semana de revelações em torno da indústria cinematográfica, abalada pela investigação a Harvey Weinstein, acusado de várias queixas de assédio sexual.

Ballard trabalhou durante mais de 6 anos na Naughty Dog, como artista de cenários, contribuindo para jogos como Uncharted 2, Uncharted 3, The Last of Us e Uncharted 4.

As suas declarações no Twitter já foram partilhadas milhares de vezes e recebeu mensagens de apoio da parte de fãs, mas também de outros programadores e trabalhadores.

Uma resposta a Ballard, removida mas capturada pelo pessoal da NeoGAF, veio de um outro ex-funcionário da Naughty Dog onde fala sobre um segundo caso de alegado assédio sexual.

A PlayStation reagiu às declarações de Ballard, dizendo que não têm qualquer registo do acontecimento.

"Recentemente, vimos nas redes sociais que um ex-funcionário da Naughty Dog, Dave Ballard, diz ter sido vítima de assédio sexual enquanto trabalhava na Naughty Dog. Não temos qualquer registo de ter recebido essas alegações do senhor Ballard, sobre ter sido assediado na Naughty Dog ou Sony Interactive Entertainment.

"Assédio e condutas indevidas não têm lugar na Naughty Dog e Sony Interactive Entertainment. Sempre levamos muito a sério e continuaremos a levar, os registos de queixas de assédio sexual e outros conflitos no local de trabalho. Damos valor a todas as pessoas que trabalham na Naughty Dog e Sony Interactive Entertainment. É da máxima importância mantermos um ambiente de trabalho seguro e produtivo, que nos permita a todos canalizar a nossa paixão pela criação de jogos."

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários