Skip to main content

Ex-presidente da PlayStation concorda que a E3 tornou-se quase irrelevante

Shawn Layden partilha opinião no Twitter.

Em outrora a E3 era o palco onde todas as grandes novidades dos videojogos eram anunciadas, mas nos últimos anos, o evento foi perdendo a relevância. A prova disso veio este ano.

Apesar da Microsoft ainda ter realizado uma conferência cheia de novidades e digna dos antigos padrões da E3, e da Nintendo ter aparecido com uma Direct satisfatória, todos parecem concordar que a E3 2021 foi o pior evento desde sempre.

Aproveitando um artigo do site Push Square, que tem como título "A E3 é uma relíquia que está desesperadamente a agarrar-se à relevância", Shawn Layden, antigo CEO da PlayStation, concordou.

"Não está errado," comentou Shawn Layden acerca do artigo.

A PlayStation deixou de comparecer na E3 na edição de 2019, quando Shawn Layden ainda estava no comando da companhia. Aquando do anúncio, Layden comentou que "o mundo mudou, mas a E3 não mudou necessariamente com ele".

Seguramente que a pandemia só veio tornar as coisas piores, mas todos aqueles que já visitaram a E3 em algum momento concordam que o evento não sabe o que quer ser e como resultado tem cada vez menos impacto.

Lê também