Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Ex-Insomniac critica estúdio por não lhe dar o devido crédito em Ratchet and Clank: Uma Dimensão À Parte

Trabalho na concepção de Rivet e não lhe foi dado a devida menção.

Sam Maggs é o mais recente nome a chamar a atenção para uma controvérsia cada vez maior nesta indústria, o quase esquecimento e menção a trabalhadores que saem do estúdio a meio do desenvolvimento de um jogo, mesmo com um papel criativo importante.

Após Ghostwire, que menciona Ikumi Nakamura nos agradecimentos, Maggs acusa a Insomniac de lhe ter feito o mesmo no mais recente jogo de Ratchet and Clank. Além disso, a recente conversa sobre o jogo da GDC falou de elementos como se tivessem nascido do acaso, sem a referir como a sua criadora.

Mark Stuart, lead designer na Insomniac, partilhou curiosidades sobre Rivet, a nova Lombax estreada neste jogo PS5, e partilhou que estiveram na mesa diversos nomes alternativos antes de chegar a Rivet. Maggs reagiu nas redes sociais à conversa e lamenta sentir que o seu trabalho foi apagado pois não foi reconhecida como uma das responsáveis pela personagem e o nome.

Maggs passou um ano e meio a trabalhar em Ratchet and Clank: Uma Dimensão à Parte como escritora e criou Rivet, mas não é referida no jogo e lamenta esta tendência de não mencionar os criadores se saírem dos estúdios a meio do desenvolvimento. Além de partilhar parte do processo criativo para a personagem e o nome, Maggs salienta que é um trabalho de equipa e todos merecem a devida menção.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários