Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Estreia da Switch OLED abaixo da Lite no Japão

Problemas de stock.

A Nintendo Switch OLED chegou na semana passada às lojas de todo o mundo e isto permitiu à Famitsu recolher as informações das vendas e comparar os números com as estreias das anteriores versões da consola.

Segundo a Famitsu, foram vendidas 138,409 unidades da nova Switch OLED, disponível por 350€ e mais cara do que os modelos matriz e Lite. Comparativamente, foram vendidas 330,637 unidades da Switch matriz em março de 2017 e 177,936 unidades da Lite em setembro de 2019, no Japão.

De acordo com os analistas, a Switch OLED é um sucesso instantâneo para a dedicada base de fãs da Nintendo e após as boas críticas, está a ser bem recebida pelos jogadores que a vão tornar no modelo mais vendido. No entanto, os problemas que a companhia enfrenta para colocar unidades suficientes nas lojas será um grande obstáculo.

As lojas japonesas foram forçaras a recorrer a sorteios para determinar quem podia comprar uma Switch OLED e são esperados problemas de stock até ao início de 2022, especialmente porque a Nintendo precisa agora de componentes para 3 modelos diferentes e o modelo OLED posicionou-se como o mais procurado.

O modelo Lite foi lançado num momento em que não se registavam problemas com os componentes e o seu preço é muito inferior ao da OLED.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários