Skip to main content

Escritor dos livros Metro condenado a 8 anos de prisão

Por criticar a invasão da Rússia à Ucrânia.

Image credit: 4A Games

Dmitry Glukhovsky, escritor russo responsável pelos livros na origem dos videojogos Metro da 4A Games, foi condenado a uma pena de oito anos na prisão por criticar a invasão da Rússia à Ucrânia.

As autoridades da Rússia procuram por Glukhovsky, acusado de espalhar informações falsas sobre as forças armadas da Rússia. Uma vez que o autor não se encontra na Rússia, o seu caso foi julgado e a sentença foi decretada sem a sua presença.

Desde o final de 2022 que Glukhovsky critica as autoridades da Rússia e em abril de 2022, após deixar o país, criticou a guerra e as decisões tomadas pelas autoridades. O autor acusou mesmo a Rússia de usar pretextos falsos e insignificantes para invadir a Ucrânia.

Glukhovsky mencionou em 2019 que está a escrever um novo livro na série Metro e desde 2020 que a 4A Games trabalha num novo jogo na série, título que poderá ser revelado na Gamescom, no final de agosto.

Lê também