Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Epic gostaria de ver Gears of War na PS3

Produtora garante que a licença é sua.

O presidente da Epic Games, Mike Capps, fez algumas declarações surpreendentes ao site IndustryGamers, em que afirmou que gostaria de ver a trilogia de Gears of War na PlayStation 3, embora não tenha confirmado nada.

"Se gostaríamos de poder captar todos os jogadores fãs de Killzone e de Resistance da PlayStation 3 e levá-los a dizer 'Gears of War é incrível'? Sim, claro que eu adoraria levar a trilogia de Gears para a PlayStation." Neste sentido Capps sublinhou que seria uma experiência divertida.

"Eu quero estar lá, estar em todos os lados." Embora logicamente surja a pergunta sacramental. Será que algum dia a série Gears of War seria lançada na consola da Sony? Capps parece ter as ideias bastante claras. "Somos os donos de Gears of War. É a nossa franchise, o nosso IP," como tal podem fazer o que quiserem.

No entanto Capps não esqueceu de sublinhar que a Microsoft deu-lhes, e dá-lhes todos os anos, um apoio brutal.

"Quando começamos a planear o que fazer com o próximo Gears, sentamo-nos com a Microsoft e eles dão-nos razões realmente boas e persuasivas para que trabalhemos novamente com eles. Para além disso não só distribuem, como também fazem um trabalho incrível e têm uma equipa de testers que conseguem que os nossos jogos sejam melhores."

Por isso, Capps não tem duvidas em afirmar que "Somos felizes a trabalhar com eles. Ajudam-nos a fazer um produto melhor e criam uma publicidade realmente porreira na plataforma, o que nos ajuda a poupar algum dinheiro."

Veremos se, tal como aconteceu com Mass Effect, a trilogia Gears of War também marcará presença na consola da Sony num futuro próximo.

Sobre o Autor
Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários