Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Entusiasmo Pré-E3: Atlus

Apenas pedimos Persona 5 para Setembro.

A Atlus na E3

Dona de títulos verdadeiramente singulares e capazes de entusiasmar os jogadores, Atlus é um fulgoroso sinónimo de energia. A cada nova produção, a Atlus transporta para o Ocidente sabores Japoneses que deixam milhares de fãs rendidos e apaixonados. Meros dias depois de ter colocado Odin Sphere: Leifthrasir nas lojas, a Atlus estará a apresentar ao mundo Persona 5 e se tudo for feito como deve ser, poderá ser um momento único para esta editora. Apesar do catálogo conhecido ainda ser pequeno, todos os nomes pertencem a séries de culto, icónicas, e capazes de dar o salto em direcção a vendas superiores.

Sendo especialista na localização de jogos Japoneses, a Atlus terá mais jogos do que os que aqui são listados no evento, basta pensar em Tokyo Mirage Sessions #FE, mas será apresentado pela Nintendo, e se a promoção for bem feita, a companhia poderá conquistar mais visibilidade para estas séries. Persona 5 é o caso óbvio, especialmente depois de ter solicitado a sua posição como referência entre os amantes do género e Yakuza Zero poderá ser promovido para uma nova audiência que procure jogos diferentes para a PlayStation 4.

O que é certo é que 2016 promete ser um dos melhores anos da Atlus e seria uma imensa pena sentir que a Europa passou ao lado dele. Provavelmente passará mas pelo menos que seja dada a oportunidade de importar as versões localizadas em Inglês para a América do Norte.

O que foi anunciado

ESta é a lista de jogos confirmada oficialmente pela Atlus como presentes na E3 2016, os jogos com os quais manterá o seu espaço. Sempre repleto de contagiante alegria e momentos nos quais o público participa, será especialmente curioso ver de que forma Persona 5 é promovido.

  • Persona 5 (PS4, PS3)
  • Shin Megami Tensei IV: Apocalypse (3DS)
  • Yakuza Zero (PS4)
  • The King of Fighters XIV (PS4)

O que Podemos esperar

Com Apocalypse previsto chegar até Setembro à América do Norte e Yakuza Zero confirmado para início de 2017, somente Persona 5 poderá causar surpresa e sensação. Novos trailers dedicados ao evento, a confirmação das datas de lançamento para os dois jogos e algumas novas informações sobre a localização podem estar preparadas mas será mesmo a data para Persona 5 que pode agitar Los Angeles.

Um trailer dedicado à E3, assinalando definitivamente a aceleração da promoção do jogo, e a confirmação da data de lançamento, permitirá à Atlus atrair todos os holofotes de atenção. Persona está na iminência de deixar de ser uma mera série de nichos e poderá conseguir maior visibilidade, se a Atlus jogar bem as cartas. O lançamento Japonês vai gladiar-se com Final Fantasy XV e a grande maioria dos fãs não se importaria nada de comprar primeiro Persona 5.

Tradicionalmente, os jogos que a Atlus leva à E3 não estão de forma alguma garantidos para esse mesmo ano, pelo contrário, a grande maioria chega apenas no ano seguinte. No entanto, seria quase um crime permitir que Persona 5 passe ao lado de 2016 no Ocidente e não aproveitar a E3 para levar o mundo à loucura. Quanto a The King of Fighters XIV, talvez esteja na hora de permitir que o público jogue mas nada garantido.

O que queremos

Yakuza Zero em 2017 é algo que já não podemos combater. Já está decidido há imenso tempo e até devemos dar graças por ser lançado sequer. A situação não está muito boa para a Atlus e a Europa por isso qualquer lançamento é já uma vitória. A alternativa será importar os títulos da América do Norte para pelo menos perceber o que se passa em cada um deles. Por muito fascinante que seja jogar Persona 5 em 2016, jogar em Japonês não é propriamente um dos meus maiores desejos. Especialmente porque não conseguiria fazer justiça ao título.

É precisamente aí que reside o nosso maior pedido para a Atlus na E3 2016. Que espantem o mundo e anunciem a data de lançamento para 15 de Setembro de 2016, a mesma anunciada para o Japão, ou então o mais tardar em Outuro que também aceitamos. Numa era em que os anúncios são avaliados ao minuto, basta ver o que se passou com Call of Duty: Infinite Warfare e Battlefield 1, que se tornaram referências no YouTube em meros dias, e que estão a afectar a forma como as produtoras promovem os jogos, anunciar em plena E3 o ano de 2016 para Persona 5 no Ocidente, seria deitar a casa a baixo.

Permitir que o público deite as mãos a The King of Fighters XIV antes do lançamento a 23 de Agosto também seria proveitoso, para medir o feedback dos jogadores de forma direta. A E3 2016 promete ser fascinante para a Atlus e todos os fãs vão estar a torcer pela companhia.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários