Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Eidos volta a estar na polémica das análises

Companhia nega ter pressionado para Batman: Arkham Asylum ter melhores notas.

A Eidos defendeu-se das alegações feitas pelo blogue The RAM Raider, que acusa a companhia de pressionar vários meios de comunicação para que publiquem boas notas a Batman: Arkham Asylum.

No entanto Jon Brooke, chefe de marketing do Reino Unido, garantiu ao site Kotaku que, "Sobre o artigo publicado no RamRaider que alega que a Eidos manipulou as pontuações de Batman: Arkham Asylum, queremos esclarecer que não negociámos nada sobre as pontuações com nenhuma revista. Resumindo, não existe uma ponta de verdade nesse artigo, a não ser o título do jogo."

Neste caso não joga a favor da Eidos as acções do passado como a tentativa de controlar as notas de Kane & Lynch e do último Tomb Raider.

No blogue Ram Raider pode-se ler que, "Várias revistas já têm a sua versão de avaliação, mas têm de aguardar as suas análises até que termine o embargo no final deste mês. Mas a Eidos, como está disposta a ajudar, ofereceu uma solução para o embargo. Se colocares Arkham Asylum na capa da revista e se garantires uma pontuação mínima de 90%, a Eidos deixa-te publicar a análise mais cedo."

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários