Skip to main content

EA Originals afasta-se dos jogos de nicho

Para apostar em lançamentos de maior escala.

A linha EA Originals ficou famosa através de jogos como A Way Out, Fe, Unravel e mais recentemente It Takes Two, mas com Wild Hearts da Koei Tecmo, a Electronic Arts mostra um afastamento sobre a postura inicial de apoiar projetos de menor escala e pequenos estúdios.

Jeff Gamon da EA falou com o GamesIndustry.biz e explicou que Wild Hearts é o primeiro jogo de uma nova era da EA Originals, uma vez que descobriram a procura por jogos inovadores de maior escala.

"Descobrimos um desejo por jogos maiores, melhores e mais inovadores que complementam o catálogo da EA. Por isso, onde começámos com jogos indie mais pequenos, agora estamos a passar para jogos criados de forma independente de todas as formas, tamanhos, escalas e orçamentos."

"Vamos afastar-nos do nicho e aproximar do arrojado e audaz. E estamos a atrair um sentimento muito positivo da imprensa e consumidores. Estamos a cavalgar com o sucesso de It Takes Two, mas mesmo com os outros jogos que lançámos na nossa história e foram bem recebidos pela crítica."

Gamon diz que a linha EA Originals não tem igual na indústria pois entram numa colaboração com os estúdios e fornecem todos os recursos e talento dentro dos seus próprios estúdios, sem permitir que a EA se possa intrometer nas decisões criativas.

Wild Hearts e Immortals of Aveum parecem evidenciar bem esta nova era da EA Originals, mas Gamon diz que vão manter o apoio a produções mais pequena.

Lê também