Skip to main content

Stellar Blade | Exclusivo PlayStation 5

Reserva Já - Lançamento a 26 de abril

Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Duke Nukem Forever

"Antes tarde Duke Nukem!!"

Aquilo que muitos não acreditaram ser possível aconteceu. Duke Nukem Forever (DNF) afinal vai mesmo acontecer e será uma realidade no próximo ano para PS3, Xbox 360 e PC, pondo fim, desta forma, a um longo período de arrastamento, turbulenta produção, adiamento "sine die" de um projecto que teve alvor no final da década de noventa, sem que, todavia, chegasse a um mínimo termo sob liderança da 3DRealms, detentora da licença.

Não só a produção estava muito mal encaminhada como em 2009 e em virtude de sucessivos maus anos financeiros a produtora tocou o incontornável ponto de despedir quarenta trabalhadores e, pouco depois, encerrar o estúdio, deixando DNF num limbo doze anos depois de ter sido anunciado como sequela para DN3D. No final foram dez anos de produção que caíram em saco roto naquilo que mais parecia o encerramento definitivo de qualquer retoma quanto à evolução da série que conquistou durante largos anos sucesso e simpatia por todo o mundo.

Ficou, no entanto uma ponta solta; o rumor que alimentava a continuidade da série noutra editora, (a Take-Two Interactive que tinha a posse dos direitos da série), podendo mais facilmente DNF transitar para um outro estúdios. Não obstante se tratar de um rumor, a verdade é que os direitos da série nunca passaram de mãos até ao último fim-de-semana.

Imagem de marca.

Foi no decurso da conferência que teve lugar no último fim-de-semana na Penny Arcade Expo, que se ficou a saber que a Gearbox já estava a trabalhar no jogo desde 2009 em Duke Nukem, anteriormente na mão dos estúdios 3DRealms, estando incluído Duke Nukem Forever e todos os futuros projectos, pelo que desde já se pode antever que DNF dificilmente será o derradeiro jogo da série. Os direitos da série passaram assim da Take-Two Interactive para a 2K Games.

Para Scott Miller, co-fundador da 3D Realms, a escolha da Gearbox enquanto estúdio encarregue de dar continuidade à série deveu-se "à paixão contínua, compromisso e longa herança com a série e com a 3DRealms" Do ponto de vista da Gearbox Software o privilégio não podia ser maior. Alguns produtores ligados ao estúdio já conheciam a série desde Duke Nukem 3D. A situação pode mesmo ser encarada com festividade, neste que já é, globalmente, considerado um dos maiores regressos.

A preocupação em pegar na tocha e levá-la bem longe é essencial para corresponder à atenção renovada dos fãs: "fãs do herói lendário e todo o talento com que sempre o ajudaram, todos merecem o melhor apoio que podemos dar", salientou Randy Pichtford.

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article

Duke Nukem Forever

PS3, Xbox 360, PC

Related topics
Sobre o Autor
Vítor Alexandre avatar

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.
Comentários