Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Dolmen - Dark Souls sci-fi

Projeto brasileiro inclui boas ideias.
Uma experiência Soulsborne vinda do Brasil que deixa a desejar na vertente técnica.

Dolmen é um intrigante exemplar da atual era em que esta indústria se encontra. Tal como demonstrado pela fascinante popularidade de Elden Ring, vivemos num momento em que a fórmula Dark Souls transitou para o mainstream e está a entranhar-se em todo o tipo de experiências imaginadas por fãs inspirados nas obras dos mestres. Isto é algo que já acontece há imensos anos, mas hoje em dia parece que a influência das ideias da From Software estão presentes de uma forma muito mais ampla, desde um metroidvania a um action RPG e muitos outros.

Este trabalho da brasileira Massive Work Studio mostra como a From Software está a moldar o imaginário de criadores em todo o mundo e apresenta-te um Action RPG intenso, com toques de terror e uma dificuldade que exigirá toda a tua atenção. Dolmen ostenta imenso que parece copiado diretamente dos trabalhos dessa casa japonesa, misturado com algumas ideias próprias e uma execução que poderá trair as esperanças desta equipa. Dolmen é um jogo muito desafiante, mas que ainda precisa de polimento e otimizações para alcançar o patamar que realmente deseja.

Apesar das suas origens humildes, Dolmen é um jogo claramente vindo de uma equipa que deseja ir mais além e possivelmente dar o primeiro passo para um futuro no qual é capaz de apresentar experiências mais épicas. É uma experiência num ambiente de ficção científica, com gameplay ao estilo Dark Souls, que pretende desafiar-te através dos combates e da exploração dos níveis, com o habitual foco no desbloqueio de atalhos e na sensação que cada inimigo te poderá derrotar se não tiveres cuidado.

A jornada por Revion Prime, um planeta repleto de insetos que te querem matar, significa que terás de gerir a tua Stamina e martelar botões não resulta. Escolhes um personagem de uma das existentes classes, com os seus elementos específicos, para entrar em confrontos nos quais podes alternar entre ataques ao perto e armas de fogo. Como seria de esperar, existem diversos elementos a trabalhar em sintonia para alcançar aquele tom de risco vs recompensa em Dolmen. Aqui, gerir a energia é o mais importante pois terás de escolher se a queres usar para disparar as armas ou ativar o Modo Energia que te permite despoletar ataques de elemento mais poderosos.

Perante um design de níveis que te força a explorar todos os recantos para descobrir por onde ir e onde estão os atalhos, Dolmen força-te ainda a gerir os teus movimentos para uma intensidade no gameplay que realça a sua dificuldade. Imagina uma experiência Soulsborne adaptada para um ambiente de ficção científica e sabes de imediato o que é Dolmen. Proteger no momento certo, contra-atacar, desviar dos ataques que não podem ser bloqueados e atacar sem derreter a barra de stamina, é o conceito base de Dolmen que resulta exatamente como pretendido, difícil e exigente.

Dolmen intriga com o ambiente de ficção científica e no uso da fórmula da From Software, é claramente um trabalho que deriva do fascínio que a equipa sente por esses jogos e esse até resulta como um grande trunfo. Existe o risco de perder a XP, a necessidade de pensar bem nas habilidades e buffs que queres desbloquear para melhorar a personagem ao encontro do teu estilo de jogo, e todas essas mecânicas que esperas de um bom Souls. No entanto, Dolmen revela a sua origem humilde na sua vertente técnica.

Este é um jogo cujo aspecto visual não consegue satisfazer em pleno. Desde o design dos níveis ao dos monstros, Dolmen não é um jogo muito bonito para a vista, mesmo jogado numa consola como a PS5. A equipa brasileira merece elogios pelo seu esforço no Unreal Engine da Epic Games, mas não vais ficar com Dolmen na memória pelos seus visuais. No entanto, mais importante, fica a sensação que Dolmen precisa de umas atualizações para refinamento, para polimento do gameplay. A equipa parece ter decidido colocar a sensação de peso para tornar os combates mais lentos e intensos, algo que remove dinamismo ao gameplay.

Dolmen é um jogo para uma geração claramente vidrada nas experiências criadas pela From Software, apesar das fortes inspirações, consegue introduzir alguns toques pessoais e mostrar como uma nova vaga de criadores elevará a fórmula para novos horizontes. As boas ideias mereciam um nível técnico superior e ficam os votos que isso possa ser alcançado numa sequela. Enquanto molde para o futuro, Dolmen é intrigante, mas precisa de algum polimento.

Prós: Contras:
  • Uma experiência Soulsborne de tom sci-fi
  • Gameplay exigente e difícil que testa os teus reflexos
  • Combinação de ataques a curta e longa distância
  • Consegue o efeito de risco vs recompensa no gameplay
  • A qualidade visual não impressiona
  • A lentidão nos combates poderá não transmitir o efeito desejado
  • O design de níveis não é dos seus melhores elementos

Descobre como realizamos as nossas análises, lendo a nossa política de análises.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários