Skip to main content

Stellar Blade | Exclusivo PlayStation 5

Reserva Já - Lançamento a 26 de abril

Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Disney perdeu mais de $130 milhões com Indiana Jones 5

Não conseguiu cobrir os custos.

Image credit: Disney

Indiana Jones and the Dial of Destiny chegou aos cinemas em junho de 2023 como a mais recente aventura do famoso professor e arqueólogo, mas apesar do entusiasmo em torno da mítica personagem interpretada por Harrison Ford, a Disney não conseguiu recuperar o dinheiro investido neste projeto.

De acordo com os mais recentes relatórios financeiros, obrigado Forbes, a Disney perdeu mais de $134 milhões com Indiana Jones and the Dial of Destiny. Com Mads Mikkelsen e Antonio Banderas no elenco, além de Ford, o filme conta com talento de classe mundial, mas nem isso ajudou a companhia a recuperar todo o investimento.

Segundo o relatório, a Disney gastou mais de $79 milhões na fase de pós-produção, o que elevou para mais de $387 milhões o custo total de Indiana Jones and the Dial of Destiny. Nas bilheteiras mundiais, o filme arrecadou $384 milhões, o que não chega para cobrir todos os custos mesmo sem a Disney dividir o dinheiro com outras companhias.

De acordo com a Forbes, a Disney ficou com aproximadamente metade desse valor total, o que significa Indiana Jones and the Dial of Destiny devolveu $192 milhões aos cofres da Disney, aproximadamente metade do que gastou com a produção e pós-produção deste mais recente esforço na saga Indiana Jones.

Além da receita das bilheteiras, a Disney conta com o seu serviço de streaming, o Disney+, mas os subscritores pagam pelo acesso ao serviço e não individualmente por filmes, apesar de tal ter acontecido com Black Widow.

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article
Awaiting cover image
Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.
Comentários