Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Director de Resonance of Fate fala sobre o desenho dos seus personagens

Teve que fazer ajustes para agradar público ocidental.

Takayuki Suguro, director de Resonance of Fate, explicou numa entrevista concedida ao Gamasutra algumas das decisões que estão a ser tomadas em relação ao desenho dos personagens deste RPG. Tanto a Tri-Ace como a SEGA, querem apelar aos consumidores fora das fronteiras japonesas, pelo que fizeram desde início uma série de ajustes, com a finalidade de ir na linha dos gostos ocidentais.

Como tal evitaram os clássicos personagens masculinos afemeninados tão típicos dos RPGs japoneses. "Se comparares este jogo com outros RPGs da SEGA, vês que este é um título global. Por exemplo no desenho dos personagens. Para os ocidentais alguns dos personagens dos JRPGs parecem demasiadamente femininos, inclusivamente os personagens masculinos. Como tal fizemos alguns ajustes," explicou Suguru.

Ele assinalou também que no processo de criação de personagens encontrou outra particularidade em relação a outros jogos, já que não há apenas um único protagonista, mas sim três, o equilíbrio entre eles é importante.

"Temos sido muito cuidadosos com o desenho dos personagens. Temos três personagens principais. Temos que cuidar do equilíbrio entre os três, já que não queremos que nenhum se destaque sobre os outros. Outro aspecto fundamental no seu desenho é o equilíbrio entre todos os outros, o seu aspecto, e como os jogadores se podem identificar emocionalmente com eles. Embora não quiséssemos que nenhum se destacasse, muitas pessoas responderam ao marketing dizendo 'Oh essa personagem feminina é muito boa.' Em termos de campanha publicitária, talvez devêssemos centrar-nos um pouco mais na personagem feminina," concluiu Suguro.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários