Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Uncharted: Legacy of Thieves - Atualização VRR 120Hz liberta a GPU da PS5

Jogos 4K desbloqueados até 50fps, com desempenho de 1440p a atingir 90-110fps.

Lançada no início do ano, a coleção Uncharted: Legacy of Thieves trouxe as entradas da franquia da era PlayStation 4 para a nova PS5, com algumas melhorias leves na apresentação geral e um foco principal em resoluções e desempenho. 4K a 30fps, 1440p a 60fps e 1080p a 120fps permitiram efetivamente equilibrar a contagem de pixels e a taxa de fotogramas da maneira que preferires. Essas opções agora são ainda mais amplas graças a um patch VRR de 120Hz recente, que oferece ótimos resultados.

Embora os títulos da Naughty Dog implementem renderização de última geração, até agora o estúdio não adotou renderização de resolução dinâmica para equilibrar o desempenho - nem mesmo no seu título mais recente, The Last of Us: Part One. Então, pelo menos em teoria, a GPU da PS5 não está totalmente maximizada. Para sermos mais claros, a nova atualização 1.002 não adiciona este recurso mas, através de atualizações VRR, aproveita o poder latente da GPU oferecendo a capacidade de desbloquear o rácio de fotogramas, ao mesmo tempo que adiciona um modo de fidelidade de 40fps. Isto funciona de maneira semelhante à opção vista em Ratchet and Clank, os títulos do Spider-Man e Horizon Forbidden West.

A nova opção de 40fps substitui o modo de fidelidade de 30fps quando inicias o jogo com a saída de 120Hz ativada na tua PS5. Além disso, há uma versão desbloqueada do mesmo modo, aproveitando o VRR para oferecer uma experiência suave com uma taxa de fotogramas variável. Visualmente falando, isto é compatível com o antigo modo de fidelidade - ambos renderizam a uma resolução 4K nativa nítida, com o mesmo tratamento capaz de detalhes finos. Mesmo nas cenas mais intensas, uma contagem direta de 3840x2160 pixels parece estar em jogo - ainda não há DRS, o que significa que efetivamente 'esperamos' que haja pelo menos 10fps de folga assim que o limite do rácio de fotogramas for aumentado.

A nova atualização de Uncharted: Legacy of Thieves abre uma variedade de opções de desempenho - e Oliver Mackenzie cobre-as a todas aqui.

E, à primeira vista, isto é um pouco preocupante. The Last of Us Part 1, que é executado com uma versão mais recente do mesmo motor gráfico, possui uma opção de fidelidade de 40fps que também renderiza a 4K nativo, mas esse modo é frequentemente arrastado para a faixa de 30-40fps, vítima do alvo extremo da resolução de renderização. Estava preocupado que resultados semelhantes estivessem à nossa espera aqui mas, felizmente, os resultados são sólidos, com 40fps bloqueados na maior parte da duração. Tiroteios maciços, sequências de condução, fugas ousadas - passei horas a testar esse modo nas secções mais desafiadoras em ambos os jogos e ele aguenta-se muito bem. 40fps marca a diferença entre 30fps e 60fps em termos de frame-time (33,3ms a 30fps, 16,7ms a 60fps, 25ms para este novo modo) e acaba por ficar bem suave aqui.

No entanto, não é totalmente perfeito. Nalgumas sequências selecionadas, consegui acionar leituras abaixo dos 40fps. A secção de combate e perseguição de Madagáscar foi a culpada mais confiável, com a movimentada área do mercado a causar breves quedas, e a subsequente perseguição a apresentar resultados abaixo do ideal em alguns momentos. Na pior das hipóteses, estamos a falar em 35fps ou mais enquanto lutamos contra os inimigos. Explosões e fumo mesmo em frente à janela do jogador também podem causar problemas noutros lugares - mas na maioria das vezes, as quedas no modo fidelidade a 40fps são breves, raras e não são especialmente intrusivas durante o jogo. Há uma exceção, no entanto. The Lost Legacy apresenta uma luta chuvosa com um APC algumas horas após começares o jogo, que foi um encontro exigente na PS4 Pro e também causa problemas na taxa de fotogramas estendida aqui. É um pouco irritante, mas desaparece quando os inimigos são derrotados.

Há ainda um par de questões muito menores dignas de nota. Os jogos Uncharted mantêm um frame em cada corte da câmara relacionado com o TAA, que se apresenta como um soluço subtil quando a janela de visualização muda. E também nos breves vídeos intersticiais que às vezes conectam cenas em tempo real e reprodução de gameplay a 30fps diretos. De forma geral, porém, o modo de fidelidade a 40fps é quase uma atualização estrita sobre a opção fidelidade a 30fps existente. A animação é mais suave, a resposta de entrada é mais rápida e os visuais são idênticos. Um punhado de pequenas manchas no rácio de fotogramas surgem em momentos muito exigentes, mas fora isso são essencialmente 40fps fixos.

Esta tabela mostra a vasta gama de permutações de desempenho disponíveis agora. A nossa recomendação? Se tiveres um ecrã VRR de 120Hz, escolhe a opção de desempenho ou fidelidade desbloqueada. Tens um ecrã padrão de 60Hz? Em vez disso, escolhe o modo de desempenho padrão.

A versão desbloqueada do modo fidelidade oferece 45-50fps com quedas que, na pior das hipóteses, poderão chegar à casa dos 30. O modo parece significativamente mais suave do que o modo de fidelidade v-synced regular e, na verdade, parece razoavelmente próximo em fluidez geral ao modo de desempenho v-synced, com duas vezes mais resolução. E, claro, quaisquer quedas abaixo de 40 FPS são perfeitamente suavizadas e não são registadas durante o jogo. O mesmo padrão é válido para o modo de desempenho desbloqueado - mas o aumento de desempenho é muito mais profundo. Com v-sync, o modo de desempenho anterior já era essencialmente 60fps bloqueados, então aqui estamos sempre acima desse limite.

Os jogos Uncharted geralmente correm a 90-110fps aqui, o que na prática parece suave. Cenas calmas atingem 120fps completos, e secções muito exigentes podem mergulhar brevemente nos 70 e 60, mas o rácio de fotogramas médio ronda os 100fps. Estes valores não estão longe da atualização de 120fps oferecida no modo performance plus baseado em 120Hz/1080p e acaba por se parecer bastante ao jogo geral, mas com resolução e qualidade de imagem substancialmente mais altas. Em relação ao modo de desempenho v-sync, esta é uma grande atualização. Na maioria dos títulos, desbloquear o rácio de fotogramas não te dá tanto impulso - incluindo nos modos de rácio de fotogramas desbloqueados de The Last of Us Part 1. No entanto, dadas as resoluções fixas conservadoras que a Legacy of Thieves Collection visa, combinadas com os visuais da era PS4, há um aumento transformador no rácio de fotogramas e na fluidez da animação quando a deixas correr ao máximo.

Esses são todos os novos modos do jogo, mas há outra maneira de executar a coleção Legacy of Thieves com VRR. Ativar o VRR nas configurações do sistema do PS5 e desativar a opção de desbloqueio permite-te jogar estes títulos com taxas de fotogramas limitadas, mas com o VRR ativado para suavizar quaisquer problemas de taxa de fotogramas. O modo de desempenho é essencialmente idêntico ao seu homólogo totalmente v-synced, se ativares o VRR. Não teve problemas antes, e não tem agora - são mais ou menos 60fps sólidos o tempo todo. O modo fidelidade é ligeiramente mais interessante nestes parâmetros - as quedas abaixo de 40 são bem suavizadas, embora seja o mesmo que sem VRR. Em ambos os casos, eu preferiria jogar estes modos com a opção de desbloqueio ativada.

Aqui está a cobertura em vídeo original de John Linneman da Legacy of Thieves Collection.

No entanto, performance plus não suporta o desbloqueio VRR, pois a PS5 não suporta taxas de atualização acima de 120Hz. Por isso, ativar simplesmente o VRR no modo Performance Plus faz um pouco mais de sentido aqui. Como seria de esperar, quaisquer quedas abaixo dos 120fps - mais obviamente, na secção de perseguição ao comboio e luta com o APC - são suavizadas pelo VRR. Esta é uma opção perfeitamente sensata e é definitivamente preferível ao modo performance plus a correr com v-sync. No entanto, o modo de desempenho desbloqueado também oferece altos rácios de fotogramas, muitas vezes superiores a 100fps, e vem emparelhado com uma resolução de 1440p em vez de 1080p. Considerando tudo, é uma atualização bastante substancial em relação ao modo performance plus existente.

Tudo isto pode parecer uma variedade assustadora de opções, mas elas são apresentadas ao jogador de maneira sensata o suficiente e tiram vantagem abrangente dos ecrãs modernos de uma maneira que realmente não vimos noutros grandes softwares de consola. Estou a contar com opções de configuração semelhantes, se não idênticas, nos próximos jogos como God of War: Ragnarok, embora talvez esse esquema seja simplificado à medida que os jogos se tornarem mais exigentes.

A Legacy of Thieves Collection porta-se particularmente bem com os modos desbloqueados, dadas as resoluções de renderização relativamente baixas que esses jogos visam em relação à sua idade e complexidade visual. Podemos maximizar adequadamente esses jogos agora, e os resultados são impressionantes. Estou especialmente satisfeito com o modo de desempenho desbloqueado, que combina uma resolução razoável de 1440p com rácios de fotogramas suaves que rondam os 100fps. A nova opção 4K 40fps também funciona muito bem, com desempenho estável mesmo renderizando uma grade de pixels 4K completa.

Por fim, o patch 1.002 é uma ótima atualização para uma conversão capaz das duas últimas experiências de Uncharted. Todas as opções que poderias pedir estão aqui e todas funcionam melhor do que o esperado. Esta é uma maneira perfeita de repetir estes jogos - ou experimentar as aventuras pela primeira vez.

Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários