Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Resident Evil 3 - actualização melhora performance na Xbox One X

Uma melhoria incrível.

Resident Evil 3 Remake impressiona ao exibir os feitos tecnológicos do excelente RE Engine, mas havia um problema: a versão Xbox One X tinha uma performance muito má, comparada com a da PS4 Pro. A sério, em algumas cenas, o rácio de fotogramas descia abaixo do da Xbox One S. A boa notícia é que o jogo foi actualizado e recebeu uma grande melhoria na performance.

Para compreender melhor a situação, temos de olhar para RE2 remake e a sua apresentação nas máquinas mais poderosas. A PS4 Pro e a Xbox One X correm a 2880x1620, reconstruída para 4K. Esta apresentação era obtida com o uso de um efeito estilo checkerboard, processo no qual a máquina da Microsoft desfruta de uma grande vantagem na qualidade sobre o equivalente Sony. Ao passar para RE3 remake, a PS4 Pro parece permanecer igual, enquanto a Xbox One X corre a 2160p reconstruída. Ao fazer isto, uma grande parte da performance perdeu-se, algo que ficou imediatamente aparente.

A Capcom confirmou que estava ciente destes problemas na performance e que estava à procura de uma solução, algo que finalmente chegou e é bem directa. De acordo com as contagens, parece que a Capcom seguiu o molde de RE2 remake e colocou o jogo a 2880x1620, ao invés de 3840x2160. É apenas 55% da resolução geral (75% da resolução nativa em cada eixo), mas o impacto na qualidade de imagem não é especialmente perceptível, mas o aumento na performance é.

Um olhar a Resident Evil 3 Remake na Xbox One X após a actualização revela uma grande melhoria na performance.

Um jogo que corria entre 40-45fps passa a maioria do tempo nos 60fps, com uma performance que é muito similar à da excelente versão PS4 Pro do jogo. O gameplay corre na maioria do tempo no alvo desejado e apenas as grandes explosões ou cenas repletas de efeitos causam quedas, geralmente para 50s. Nas cutscenes, a Capcom respeita menos os limites, permitindo uma maior flutuação, mas é o preço para ter modelos incrivelmente detalhados e cenas espectaculares. No entanto, não são momentos interactivos e não têm impacto.

Comparado com a versão original, a performance está muito melhor e comparado com a versão PS4 Pro (que não recebeu qualquer actualização), as cutscenes correm um pouco mais rápidas ou mais lentas, enquanto o gameplay em si parece mais estável. No entanto, a conclusão é que agora, ambas as máquinas mais poderosas apresentam uma versão brilhante do jogo. Ainda permanece a sensação que a Capcom poderia ter feito mais e oferecido mais opções, que teriam resultados benéficos em todas as versões de consolas.

Baixar a resolução é a solução mais óbvia para recuperar performance, mas seria preferível ter a opção entre escolher performance ou resolução e um bloqueio opcional a 30fps poderia permitir correr o jogo num modo 2160p30. Uma opção 4K poderia permitir obter performance completa nas futuras consolas. Por sua vez, a mesma opção 30fps podia ajudar a corrigir as inconsistências nas consolas originais, que frequentemente perduram nos 40fps e podem ir abaixo de 30s.

São boas notícias para quem joga na Xbox One X, troca alguma nitidez por melhor performance, o que melhora imenso o jogo. Além disso, a Capcom actualizou a própria demo do jogo, o que te permite experimentar o novo estado do jogo, antes de o comprar.

Sobre o Autor
Richard Leadbetter avatar

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Comentários