Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

O que faz a actualização de Overwatch para a PS4 Pro?

Foi melhorado sequer?

Após o entusiasmo quando a Blizzard anunciou que iria actualizar Overwatch para a PlayStation 4 Pro, surgiu alguma confusão quando parecia que as melhorias eram mínimas. A olho nu, as melhorias pareciam inexistentes. Após investigar a nova actualização, acreditamos que é uma das actualizações Pro menos impressionantes.

O número de pixeis no vídeo de Overwatch capturado a nativa 4K mostram que ainda usa a mesma resolução 1080p nativa - muito abaixo do esperado. Decidimos contactar a Blizzard para sabermos mais sobre a actualização Pro, e a resposta que tivemos foi:

"Os jogadores de Overwatch podem esperar uma performance melhorada a 1920x1080 na PlayStation 4 Pro. Também introduzimos algumas pequenas melhorias para tirar proveito das capacidades da consola, incluindo melhor filtro de texturas e melhorias na interface de utilizador."

É isto. Claro que é desanimador, tendo em conta que 1080p já existia na PS4 normal. Onde era usada uma resolução dinâmica, mas raramente baixava de 1080p. Em termos de qualidade de imagem, é uma desilusão, e se estavam à espera de 1440p ou até 1800p por upscale para a tua TV Ultra HD, podes esquecer. Se esperavas uma melhoria para as definições épicas do PC, ficarás desiludido.

Procuramos as melhorias visuais em Overwatch, se é que existem.

No entanto, algo foi feito e preparem-se, apesar de correr a nativa 1080p na Pro, as barras de vida e retratos agora são apresentados a nativa 4K. Sim - temos HUDs 4K em cima de todo o gameplay 1080p. Claro que não faz diferença nenhuma para a qualidade geral da imagem em elementos gameplay, e o jogo apresenta o mesmo nível de pixel crawl que antes. A sobreposição 4K é um esforço simples, mas deixou-nos a pensar se as funcionalidades gráficas foram melhoradas de outras formas na Pro?

O filtro de texturas foi melhorado e a Pro apresenta um aspecto tão bom quanto no PC a correr com as definições superiores para o filtro anisotrópico. No entanto, a arte em si está igual e melhorias nos efeitos são mínimas. A versão PC oferece várias vantagens nas definições superiores, como sombras de maior qualidade, mapa de reflexos melhorado e um efeito de profundidade mais suave. Na PS4 Pro apenas temos uma pequena melhoria no campo de profundidade. A PS4 normal usa um efeito de baixa qualidade, na Pro temos um meio termo entre a PS4 normal e o PC no máximo.

Quanto aos rácios de fotogramas, não seria tolerado nada além de 60fps fixos, é precisamente o que temos, tal como na PS4 normal. Não haviam muitas queixas quanto a isto, e a performance nunca teve em risco com esta actualização.

Overwatch maximizado a 4K fica lindo - como demonstrado aqui com a ajuda da Nvidia GTX 1080.

A PS4 Pro fica com gameplay a nativa 1080p a 60fps. Embelezada com sobreposições e texto 4K, filtro de texturas de maior qualidade, e campo de profundidade melhorado. O potencial era muito maior, e a Blizzard até pode precisar de mais tempo para optimizar os 60fps numa resolução como 1440p, ou até experimentar a checkboard. Overwatch fica excepcional em resoluções superiores, mas por enquanto isto são meras suposições.

Mas ficamos a questionar qual o pensamento da Blizzard ao adicionar suporte para a Pro; apesar de ser fixe um melhor filtro de texturas e HUD 4K, não parece valer o esforço e tempo. A melhoria no gameplay é mínima ou inexistente. O estúdio tempo o hábito de actualizar e melhorar os seus jogos, ajustando-os e refinando-os ao longo do tempo, por isso, talvez esta seja apenas a primeira vaga experimental de mais melhorias a caminho. Mas é difícil afastar a sensação de desilusão quando o suporte para um jogo tão importante é tão pequeno.

Sobre o Autor

Thomas Morgan avatar

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Comentários