Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Digital Foundry - As nossas escolhas para melhorias PlayStation Neo

Quais os jogos que mais beneficiariam com melhorias na CPU, GPU e memória?

Desde a fuga de informações da PlayStation 4 Neo que nos perguntamos o que isso significa para os jogos. A Sony dita que a partir de Outubro todos os jogos devem tirar proveito das vantagens da Neo, melhorando rácios de fotogramas ou até alcançando resoluções superiores e efeitos extra.

Mas e quanto aos jogos existentes? Segundo sabemos, os estúdios vão poder actualizar os jogos, permitindo que tirem proveito da consola mais poderosa. Isto pode chegar de diversas formas: chegando mais perto das definições superiores do PC, ou simplesmente melhorando a performance.

Com isso em mente, escolhemos os nossos 10 principais jogos da PS4 que iriam beneficiar mais com melhorias na Neo. Claro que muito disto são desejos nossos mas tentamos abordar cada jogo com o que a nova consola pode oferecer. Em baixo temos as especificações. Irás notar que um design já forte na GPU está ainda mais focado na performance gráfica, sendo necessário ter em conta que o aumento na CPU é relativamente modesto.

Base PS4 PS4K Neo Melhoria
CPU Oito núcleos Jaguar a 1.6GHz Oito núcleos Jaguar a 2.1GHz 1.3x
GPU 18 unidades computacionais Radeon GCN a 800MHz 36 unidades computacionais GCN 'melhoradas' a 911MHz 2.3x FLOPs
Memória 8GB GDDR5 a 176GB/s 8GB GDDR5 a 218GB/s 24% mais largura de banda, 512MB de memória adicional utilizável

Evitamos o lema 'correr tudo a 60fps' que alguns podem esperar - por mais que seja desejado. Just Cause 3 tem problemas para aguentar 30fps e pode sofrer em cenas cheias de físicas. O aumento de 500MHz nos oito núcleos Jaguar da Neo devem ajudar, mas não nos dão os 60fps por magia; as melhorias serão visuais e será preciso ficar-se pelos 30fps. Pelo outro lado, em Driveclub temos um jogo que tinha como alvo os 60Hz e a versão VR prova que é possível - daí essa particular melhoria estar na lista.

Um resumo dos dez jogos PS4 que acreditamos poderem beneficiar mais com as melhorias Neo.

10. Until Dawn

Until Dawn impressionou-nos com a qualidade dos visuais, que usam o motor de Killzone: Shadow Fall para nos dar das performance mais realistas que já vimos num jogo. A 1080p está lindo mas apesar de ser um jogo de ritmo lento, o rácio de fotogramas pode causar problemas. A acção tende a ficar-se pelos 20fps ocasionalmente. Com a GPU melhorada na Neo - que duplica o número de unidades computacionais para 36, melhorando a velocidade do relógio para 911MHz e subindo a largura de banda da memória por 24% - podemos ter melhorias.

Para Until Dawn, a compatibilidade Neo faria milagres à performance, e daria 30fps fixos. Presumindo que o jogo não está demasiado ligado à CPU, as suas quedas sub-30fps devem ser suavizadas. O jogo já enverga alguns dos melhores visuais na PS4, apoiado por iluminação por físicas, em termos visuais as melhorias seriam poucas. Já está muito bom neste aspecto.

Corrigir o rácio de fotogramas seria o caminho fácil para o melhorar. Presumindo que não é possível chegar a 60fps, preferíamos que fosse imposto um bloqueio a 30fps para remover a trepidação. Isto também solucionaria os saltos no rácio de fotogramas para 40fps. É um bom exclusivo PS4 e a Neo pode melhorar ainda mais o jogo.

Until Dawn é excepcional mas as falhas técnicas são evidentes. Uma melhoria Neo será uma vitória fácil.

9. Bloodborne

Bloodborne é outro exclusivo que precisa de cuidados, algo que aplica também a Dark Souls 3. Se a suposta arquitectura gráfica Polaris da Neo estiver perto dos níveis de performance da GTX 970 ou R9 390, poderá oferecer espaço para melhorar o jogo. Já vimos jogos como Dark Souls 3 no PC - que usa o motor de Bloodborne - correrem a 1080p60 no máximo numa 970. A GTX 960 tem mais problemas mas pode chegar a 60fps ao correr nas definições de consola. Tendo em conta as melhorias GPU na Neo, o excesso gráfico deve cumprir a tarefa.

Visualmente existe pouco a pedir graças ao esforço adicional do From Software. Já corre a 1080p na PS4 e comparando com Dark Souls 3, as melhores definições do PC apenas adicional sombras e motion blur de maior qualidade sobre a versão PS4 - e é difícil ver isto. Apenas a maior suavidade faz falta.

Um salto de 30 para 60 seria incrível, mas não tão radical quanto parece. O motor do From Software adapta-se bem a várias configurações, mesmo um Core i3 com uma GTX 750 Ti com overclock consegue 35-50fps nas definições de consola. Com todo o potencial das melhorias Neo na CPU e o aumento de 2.3x no poder computacional da GPU, o rácio de refrescamento superior poderá estar dentro do alcance nos dois jogos.

The Old Hunters foi o último olhar à performance de Bloodborne - não está assim tão mau mas baseado na experiência PC de Dark Souls 3, poderia estar muito melhor.

8. Star Wars Battlefront

As regras dizem que a Neo terá as mesmas funcionalidades da versão PS4 do jogo, logo o gameplay terá que ser igual. No caso de battlefront, não teremos um aumento para 64 jogadores mas pedimos algo muito fixe.

Muitos jogos Frostbite 3 correm a nativa 900p na PS4, incluindo Mirror's Edge Catalyst. É um compromisso na actual PS4 devido à escla destas batalhas para manter o rácio de fotogramas. Com mais memória, poderá ser possível melhorar a resolução sem custo na performance; podemos ter 1080p nativa na Neo.

Isto aplica-se a todos os jogos DICE que usam este motor, e para Battlefront, tornaria os tiroteios a longa distância mais nítidos. É algo que já vemos no modo survival em ecrã dividido - nativa 1080p que significa a ausência de conversão de resolução. Este deixa-nos ansiosos e queremos descobrir o que mais pode chegar à PS4 vindo das definições superiores do PC, podemos pedir melhor filtro de texturas e qualidade de sombras. Mesmo que o gameplay fique igual, são boas novidades.

O DICE optimizou muito bem Battlefront mas a Neo pode corrigir os problemas na resolução e melhorar a qualidade dos efeitos.

7. DriveClub

Originalmente ia correr a 60fps mas infelizmente para alguns, chegou em Maio de 2014 com um bloqueio a 30fps. Baseado na sua ambição visual, a troca foi justificada. Os gráficos melhoraram imenso para a versão final e o jogo ostenta um iluminação por físicas e global espantosa e reflexos correctos.

Com a actualização climatérica, está mais espantoso mas os 60fps foram abandonados em prol da qualidade gráfica. A versão PS VR que jogámos no Paris Games Week era uma boa alternativa. Em modo VR, o jogo corre a completos 60fps (por olho via interpolação) numa consola PS4 - mas com efeitos visuais reduzidos. Se o aumento de 500MHz no relógio CPU chegar, a superior GPU da Neo pode permitir uma abordagem sem compromissos ao refrescamento e fidelidade gráfica.

A questão é quem vai tratar disso agora que o Evolution Studios fechou - haverá alguém capaz de executar as melhorias? Será espectacular para os entusiastas.

Visualmente arrebatador, apenas mudaríamos os 30fps em Driveclub. Adoraríamos ter 60fps e a Neo oferece essa oportunidade.

6. Metal Gear Solid 5

É difícil queixar de um jogo que já corre a nativa 1080p, nativos 60fps e oferece paisagens abertas para explorar. No entanto, a versão PS4 parece pálida ao lado da versão PC. As distâncias de visão são reduzidas na consola e a Neo poderá oferecer grandes melhorias e um salto para 4K, seria um mundo mais impressionante e rico.

As distâncias de visão nas plantas, sombras e até geometria foram reduzidas na consola, necessário para manter os 60fps na PS4. Presumindo que as melhorias na Neo são comparáveis à GTX 970 e R9 390, a experiência PC maximizada poderá ser possível.

O actual filtro de texturas esborratado poderá passar para filtro anisotrópico 16x como o PC e apesar de não ser nada radical, são extras bem-vindos. A forte afinidade entre a série MGS e as consolas PlayStation pode resultar na experiência MGS5 definitiva.

A Xbox One e a PS4 conseguem rácios de fotogramas sólidos mas a Neo poderá trazer a experiência PC maximizada para as consolas.

5. Call of Duty: Black Ops 3

Um rácio de fotogramas sólido é crucial na série Call of Duty - a acção rápida exige uma resposta visual rápida e comandos de baixa latência. Black Ops 3 tem problemas para chegar a 60fps na PS4 quando surgem muitos efeitos, especialmente na ambiciosa campanha.

O Treyarch tentou corrigir o défice na performance com uma resolução dinâmica, descendo de 1080p quando é preciso. Numa PS4 padrão, ajuda a conseguir boa performance nos tiroteios - mas com a Neo pode ficar fixo nos 1080p60.

Deve ser fácil para a consola mais poderosa e algo que podia ser pedido de outros jogos, como Killzone Shadow Fall. A GPU muito melhorada deve ser capaz de levantar os modos multi e single para 60fps suaves - algo que já está perto de acontecer.

O Treyarch tem a reputação de puxar a valer pelo seu motor, e isso resulta numa performance inferior na campanha. Gostaríamos que a consola mais poderosa colocasse as coisas como devem estar, especialmente numa série que exige 60fps constantes.

4. Uncharted 4

Uncharted 4 transpira qualidade, cada peça pré-estabelecida mostra o Naughty Dog no seu melhor. Sem dúvida que estabelece um termo visual elevado na PS4 - um dos melhores jogos que já vimos em termos visuais, feito para caber na actual consola. Existem compromissos; a campanha inicialmente iria correr a 60fps mas o jogo final corre a 30fps fixos. É como jogámos a trilogia na PS3 mas é pena que 60fps não sejam possíveis na PS4.

Com a Neio, existe a possibilidade disso. O modo multi já corre a 60fps - o Naughty Dog decidiu correctamente que os rácios de fotogramas têm prioridade no competitivo. No entanto, a resolução desce para 900p.

A Neo pode permitir melhorias nos dois aspectos. 60fps nos dos modos é o que mais pedimos - e tendo em conta as intenções originais, é uma das opções mais plausíveis para uma actualização. O Naughty Dog pode ainda puxar mesmo pela consola e até implementar outras melhorias além da resolução e rácio de fotogramas.

Naughty Dog's Uncharted 4 binned off its 60fps aspirations for single-player mode by introducing a 30fps cap, seen here during the E3 demo. Could Neo take it back up to the originally planned 60fps?

3. Grand Theft Auto 5

Este é dos grandes e baseado nos testes PC, é difícil visionar a Rockstar a conseguir 60fps nas consolas, devido à brutal sobrecarga na CPU. O seu motor em mundo aberto exige muito poder de processamento, e até um aumento de 31% na velocidade do relógio nos núcleos CPU da Neo, não nos faz acreditar que seja possível. Estamos contentes com 30fps se significa melhorias visuais.

Mais uma vez, podemos olhar para os trabalhos do estúdio na versão PC. As definições de topo oferecem extras como LODs de objecto melhorados, sombras de maior precisão e relva mais densa. Também poderá permitir ultrapassar o limitado filtro de texturas PS4, conseguindo algo perto de 16x filtro anisotrópico. Aspectos que encaixam bem no lado GPU da equação, onde as melhorias Neo se vão concentrar.

Também existe potencial para definições PC mais avançadas - que nos permitem ver sombras projectas de cabos eléctricos e aviões. Belos toques mas que podem afectar o rácio de fotogramas por isso seria melhor os evitar para assegurar uma boa performance. Já tem boa forma na PS4 mas com mais poder GPU, poderia ficar melhor.

Um olhar a GTA5 com a actualização 1.09, onde a Rockstar corrigiu a maioria dos problemas de streaming que causavam quedas na performance na PS4.

2. The Witcher 3

Potencialmente o que mais beneficiaria na Neo. O jogo recebeu várias actualizações para corrigir a performance e o CD Projekt RED quer claramente melhorar a experiência nas consolas. Os rácios de fotogramas podem ser melhorados em áreas mais sensíveis e as definições visuais de topo no PC podem chegar à consola.

A qualidade de texturas poderia ser melhorada enquanto as distâncias de visão para sombras e folhagem poderiam ficar maiores. A simulação de água de maior precisão poderia chegar às consolas, completando a experiência. Talvez somente o modo Nvidia Hairworks fosse demasiado; uma funcionalidade taxativa que simula o movimento do cabelo de Geralt.

Os relógios superiores da CPU na Neo também podem ajudar a performance em Novigrad, que vibra com IA taxativa para o processador e muito streaming de objectos. Não suavizará todos os soluços mas será aceitável esperar 30fps mais firmes. Se o estúdio aderir à Neo, será interessante ver as melhorias.

The Witcher 3 analisado na versão 1.10. O CD Projekt RED tem orgulho no excelente suporte pós-lançamento, e usar as forças da Neo seria a cereja no topo do bolo.

1. Final Fantasy 15

A primeira escolha é Final Fantasy 15, jogo com enorme potencial que esperamos ver florescer. A 30 de Setembro estará nas lojas e a questão é até que ponto podem os programadores melhorar sobre a amostra técnica questionável que vimos nas duas demos. Baseado na recente demo Platinum, esperamos belo design artístico e técnicas de renderização de topo - mas infelizmente, muito será afectado pela sua execução na PS4 (e na Xbox One).

As melhorias da Neo serviriam para a qualidade de imagem e performance. O rácio de fotogramas entre 20-30fps é o problema mais sério; mas também adoraríamos ver a resolução dinâmica ir embora, ficando fixa a 1080p. Esperamos alguma optimização para o lançamento na PS4 padrão mas a Square Enix tem uma montanha para trepar na hora de corrigir as falhas que já vimos.

As métricas técnicas que já vimos não encaixam bem na orientação para o combate do jogo, mas a Neo poderá corrigir isso. Talvez o Luminous Studio não encaixe bem na PS4, mas à força brutal, a Neo poderá oferecer o poder necessário, caso as optimizações não fiquem à altura do necessário.

A demo Platinum apresentou uma resolução dinâmica na PS4 e Xbox One - mas não parece corrigir muito em termos de performance.

Marcado com

Sobre o Autor

Thomas Morgan avatar

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Comentários

More Artigos

Artigos mais recentes