Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Digital Foundry - Bayonetta na Xbox One

Comparação da performance com as versões PS3, Xbox 360 e Wii U.

Bayonetta da Platinum Games permanece como um dos melhores jogos de acção jamais feitos, e estávamos ansiosos por ver como corre na Xbox One, via retro-compatibilidade. O problema é que o jogo Xbox 360 é brilhante, mas afectado por quedas na performance e screen-tear óbvio. Por pré-definição, a retro-compatibilidade Xbox One remove completamente o tearing, dando-nos uma apresentação com v-sync permanente - mas e a performance?

O vídeo em baixo representa um teste em Bayonetta, não só na Xbox One mas também comparado com a versão Wii U - e ainda alguns momentos na PS3 como bónus. O resultado final? Bem, todas as experiências principais de Bayonetta têm vantagens na performance em algumas áreas, por isso não existe uma clara vitória para a Xbox One aqui, mas também é óbvio que alguns efeitos causam problemas à Wii U - algo que não é problema na Xbox One e na Xbox 360. A PS3? O melhor é ver o vídeo.

Algo que notámos é que apesar do tearing ser eliminado via retro-compatibilidade, o custo é um ligeiro impacto na latência dos comandos - é ligeiramente superior na Xbox One assim que a v-sync adaptável é retirada, por isso os puristas podem preferir jogar na Xbox 360. Conclusão? A retro-compatibilidade conseguiu novamente trazer um clássico da anterior geração para uma consola mais moderna com poucos compromissos e se não tiveste uma Xbox 360, ou se não o jogaste sequer, recomendamos este jogo.

Marcado com

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Artigos

Artigos mais recentes