Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Dead Space tem brutal sistema em que arrancas pele, carne, e membros dos monstros

Não é para quem tem estômago fraco.

O remake de Dead Space tem novas funcionalidades e pormenores surreais.

Numa lista de novidades revelada pela EA, está detalhado um novo sistema que mostra com assustador realismo o dano que vais causando aos monstros / criaturas.

Chama-se Sistema de Peeling e consiste numa reconstrução dos monstros em camadas. Primeiro vêm os ossos, depois os tendões, em cima a carne, e no topo a pele.

Quando começas a disparar, vais poder ver as diferentes camadas a desaparecerem, a começar pela pele, que vai expor o que está por debaixo.

Em baixo podes conferir a lista de novas funcionalidades e detalhes de Dead Space, que está previsto para 27 de Janeiro de 2023 no PC, PS5, e Xbox Series.

Se ainda não tiveste a oportunidade, confere também o trailer mais recente (em cima).

  • O Sistema de Peeling: Necromorfos, monstruosidades diferentes de tudo o que se viu antes, foram reconstruídas em torno do novo Sistema de Peeling, que introduz carne em camadas, tendões e ossos que se quebram, rasgam e estilhaçam de formas chocantes. E embora a estratégia seja fundamental, os jogadores também vão experimentar oportunidades acrescidas de criatividade na forma como utilizam a sua variedade de armas e habilidades únicas para combater estes terríveis inimigos.
  • The Intensity Diretor: O mundo lindamente criado e igualmente assombroso de Dead Space tem sido fácil para os jogadores se perderem, mas agora os jogadores realmente sentirão o peso de cada passo misterioso que Isaac dá. O novo Intensity Director ajusta dinamicamente o que aparece no caminho de Isaac, desde os Necromorphs e como eles escolhem atacá-lo, até efeitos ambientais como luz, fumaça, partículas e som. Os batimentos cardíacos, a respiração e os esforços de Isaac também se ajustam com o seu nível de stress para fornecer aos jogadores um feedback direto sobre seu estado mental, emocional e físico.
  • Uma Fantasia Avançada de Engenharia: Sem armas ou apoios, Isaac é forçado a defender-se contra os Necromorphs, aproveitando ferramentas mineiras de alta tecnologia para desmembrar estrategicamente criaturas noturnas, resolver puzzles na sua viagem emocionante e transformar os sistemas de mau funcionamento da Ishimura em proveito próprio. Originalmente um protagonista silencioso, os jogadores vão agora ouvir mais do amado engenheiro através de novos enriquecimentos narrativos com voz de Gunner Wright, a voz original de Isaac in Dead Space™ 2 (2011) e Dead Space™ 3 (2013).
  • Um Ishimura totalmente interligado: Do ecrã inicial aos créditos finais, os jogadores vão confrontar-se com os corredores assustadoramente apertados e corredores sombrios do USG Ishimura sem um único ecrã de carga ou uma câmara cortada que branda a imersão. Este enorme navio mineiro foi restaurado para o remake com novas salas, rotas e obstáculos, enquanto permite a exploração sem emenda com novos controlos de mapas de UI e um localizador melhorado.
Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários