Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Criador de Yakuza apostará no mesmo estilo de jogos no novo estúdio

"Não vamos fazer jogos de telemóvel."

Toshihiro Nagoshi passou quase toda a sua carreira na SEGA, mas decidiu que estava na hora de uma nova fase na sua vida e aliou-se à NetEase para formar o seu próprio estúdio.

Quando o criador das séries Yakuza e Judgment, entre muitas outras, deixou a SEGA, ficaram no ar questões sobre o futuro dessas propriedades do já famoso Ryu Ga Gotoku Studio, mas também ficaram questões sobre os seus futuros jogos.

Em conversa com o IGN Japan, Nagoshi assegura que não vai criar jogos de telemóvel e que podes esperar dele os mesmos dramas intensos que tanto sucesso lhe trouxeram na última década.

"Provavelmente viste o logo do nosso estúdio, similar ao design de um filme. Não representa um filme, mas sim um 'drama' que queremos entregar enquanto experiência de jogo. Acreditamos que é divertido criar jogos de puzzle para telemóveis, mas nós somos bons, e é isso que o mundo quer de nós, é num jogo emocionante com drama."

De momento, o estúdio acabou de ser formado e ainda estão a planear o primeiro jogo, mas a ideia já existe e Nagoshi promete que se manterá fiel às experiências pelas quais ficou mundialmente famoso, especialmente porque é algo que adora criar.

"Quando Yakuza vendeu bem no ocidente, as pessoas pensaram que era um jogo único com um cenário asiático. Mas não foi apenas a singularidade do jogo que o fez vender mais de um milhão de cópias em todo o mundo."

"Existiu uma razão mais sólida para o seu sucesso e tem de estar relacionada com o quão completo é o conteúdo, seja a história que é comovente, as batalhas divertidas ou o jogo ser bem equilibrado. Não é apenas o cenário, mas sim a qualidade geral do jogo como um todo que o faz resultar em todo o mundo."

Nagoshi diz que um drama japonês pode comover pessoas em França e acredita que se um trabalho for bem feito, o seu apelo é mundial e continuará a lutar por isso no seu novo projeto.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários