Skip to main content

Criadores de Baldur's Gate 3 estavam com medo de classificações baixas

6 ou 7 em 10.

O chefe do estúdio Larian, responsável por Baldur’s Gate 3, teve algumas preocupações antes do lançamento da versão completa do jogo. Ele esperava que as classificações das análises pudessem ser baixas se os jogadores encontrassem bugs dos quais os produtores não estavam cientes.

Em entrevista ao canal do YouTube Dungeons & Dragons, ele afirmou especificamente que a equipa estava com medo de receber análises de "6 em 10" ou "7 em 10".

"Tínhamos medo que os jornalistas dessem seis pontos em dez, sete em dez. Vai ter um bug, alguma coisa vai acontecer, o jogo vai bloquear, toda a gente vai odiar.", diz Swen Vincke.

"Essa era a nossa atitude naquela época. Sabíamos que o conteúdo era bom, mas tínhamos medo. Isso foi o que mais nos assustou porque o título é muito grande e sabíamos que algo poderia dar errado, embora o jogo geralmente encontre uma maneira de se reerguer."

No entanto, Baldur's Gate 3 foi altamente aclamado pela crítica e muito bem recebido pelo público, contrariando assim aquilo que o estúdio previa. Podes ver o momento em questão no vídeo acima, por volta do segundo 49.

Lê também