Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Chefe da PlayStation critica atitude da Activision perante acusações de assédio e discriminação

Jim Ryan enviou email a perguntar que medidas vão tomar.

A situação da Activision acabou de ficar ainda pior.

Depois de mais de 100 funcionários protestarem e exigirem a demissão do CEO Bobby Kotick, a Activision enfrenta agora pressão da Sony, uma das três fabricantes de consolas e que tem mantido uma parceria próxima com a editora.

O Bloomberg afirma ter obtido acesso a um email interno da Sony enviado por Jim Ryan, chefe da PlayStation, onde expressa preocupação aos funcionários pela atitude que a Activision tem mantido perante as acusações de assédio e discriminação.

"Contactamos a Activision imediatamente após o artigo ser publicado para expressar a nossa preocupação e preguntar como planeiam abordar as afirmações no artigo," é dito por Jim Ryan no email.

O artigo foi publicado pelo Wall Street Journal ontem e revelou que o CEO Bobby Kotick ajudou a ocultar os comportamentos de assédio e discriminação, tendo conhecimento do que se passava internamente. Segundo as alegações, Kotick escondeu da direcção da companhia uma alegação de violação.

O email enviado pela PlayStation não indica que medidas vão tomar contra a Activision se a situação não for resolvida. As duas companhias têm sido parcerias de marketing, sobretudo em Call of Duty, que costuma ter conteúdos exclusivos temporários nas consolas da Sony.

A Activision está, sem dúvida, em maus lençóis.

Jim Ryan, chefe da PlayStation.

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article

Call of Duty: Vanguard

PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S, PC

Related topics
Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários