Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

CEO da Nvidia insinua que os preços das GPUs não vão baixar

"A Lei de Moore está morta."

Quem tentou montar um PC para jogar ou substituir os componentes por algo melhor nos últimos dois anos, sabe que os preços atingiram picos nunca antes vistos.

A escassez de componentes provocada pela pandemia e simultâneo aumento da mineração de criptomoedas, fez com que as placas gráficas aumentassem radicalmente de preço.

Para quem está à espera que os preços baixem, Jensen Huang, o CEO da Nvidia, diz para não contarem isso. Eis o que foi dito numa sessão de perguntas com jornalistas após a apresentação das novas gráficas RTX 4000.

"A Lei de Moore está morta. Uma wafer de 30 cm é muito mais cara atualmente. A ideia de que os chips vão baixar de preço é uma história do passado," disse Jensen Huang (via Digital Trends).

Estabelecida em 1965 por Gordon Earl Moore (um dos fundadores da Intel), a Lei de Moore prevê que é possível duplicar o desempenho dos componentes de PC a cada dois anos, mantendo o mesmo preço.

A realidade atual é diferente. Não há como escapar ao facto de que os materiais estão mais caros. Até o própria energia consumida pelas placas gráficas está mais cara.

A Nvidia prefere falar agora em níveis de preço e melhorias.

"Olha para desempenho de uma GPU da Nvidia de $899 GPU ou $1,599 há um ano ou dois anos; pelo mesmo nível de preço, o nosso desempenho com Ada Lovelace (o nome da nova arquitetura) é monumentalmente melhor. Melhor do tipo a rebentar com a escala," disse Huang.

As novas placas gráficas da Nvidia foram apresentadas esta semana. Apesar do desempenho ser superior à geração anterior, os jogadores ficaram assustados com os preços elevados.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários