Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

CD Projekt Red condenada a pagar $1,85 milhões

Induziu em erro tanto jogadores como investidores.

Já existe uma decisão judicial entre a produtora de Cyberpunk 2077, CD Projekt Red, e os seus investidores. Chegaram a um cordo por 1,85 milhões de dólares.

Cyberpunk 2077 foi lançado num estado quase injogável em algumas das plataformas, principalmente na PlayStation 4 e Xbox One. Estava repleto de problemas e não cumpria com o que a produtora havia prometido.

Relembramos que a CD Projekt Red apenas disponibilizou cópias da versão PC de Cyberpunk 2077 para os meios, incluindo o nosso, que iriam analisar o jogo, induzindo assim em erro os jogadores e os investidores quanto ao estado do jogo nas consolas.

Todos os problemas que o jogo apresentou, logo após os eu lançamento, levou à apresentação de uma queixa em dezembro de 2020, alegando que a CD Projekt Red induziu em erro tanto o consumidor como os investidores.

Entretanto, um juiz federal da Califórnia assinou o acordo onde todas as pessoas que adquiriram ações da CDPR negociadas publicamente durante a maior parte de 2020 são elegíveis para receber fundos no valor aproximado de $0,49 por ação elegível.

Sobre o Autor
Adolfo Soares avatar

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Comentários