Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Capcom quer reduzir tempos de desenvolvimento nas séries de topo

Mas quer continuar a apostar em novas PIs.

A Capcom revelou que pretende reduzir os tempos de desenvolvimento nos títulos principais de três/quatro anos para apenas dois/dois anos e meio.

Esta medida procura manter a competitividade e maximizar as receitas geradas pelas suas séries principais, segundo Kenzo Tsujimoto, CEO da Capcom.

Tsujimoto explicou que a estratégia pode aumentar os custos mas vai levar a maiores lucros a longo prazo, "Criar conteúdo de qualidade vai ser vita para a capacidade da Capcom para sobreviver ao ultrapassar uma intensa competição mundial."

No entanto também foi reforçado o papel importante de novas propriedades intelectuais pois apesar de demorarem a se estabelecerem no mercado, vão-se tornar em fontes de rendimento no futuro.

Tsujimoto revelou ainda que a Capcom pretende empregar 1000 novos trabalhadores nos próximos 10 anos para criar novas tecnologias e tornar-se no melhor fornecedor de conteúdos digitais pelo ano 2022.

Resident Evil 6, Devil May Cry e Dragon's Dogma, que chega já na Sexta-feira, são alguns dos grandes títulos apresentados pela Capcom neste ano fiscal.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários