Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

COD: Vanguard vendeu mal devido ao cenário na Segunda Guerra Mundial

É o que diz a Activision.

A Activision acredita que escolher a Segunda Guerra Mundial como o cenário para Call of Duty: Vanguard foi a principal causa para as vendas muito abaixo do esperado e desejado.

Na mais recente apresentação financeira, a companhia disse aos investidores (obrigado Kotaku) que não cumpriu com as previsões de receita ($300 milhões abaixo do esperado) devido ao lançamento muito morno de Vanguard e que isso aconteceu especialmente devido a um importante factor.

Vanguard foi o jogo premium de 2021 na série Call of Duty e a Activision diz que escolher novamente a Segunda Guerra Mundial e nazis como inimigos não foi a melhor decisão. Além disso, refere que não apresentou suficiente inovação para um jogo premium.

A companhia não menciona os problemas com a qualidade do jogo, campanha curta ou sequer o desenvolvimento atribulado pelo qual Vanguard passou na Sledgehammer Games. O cenário e a falta de inovação são as únicas coisas que refere no seu relatório entregue aos investidores e analistas.

Vangiard desfrutou de grande popularidade e figurou entre os jogos mais vendidos de 2021, mas não vendeu onsuficiente para saciar as previsões da companhia e deixar os acionistas contentes até o fecho do negócio com a Microsoft.

A Activision assegura que Modern Warfare 2 será o responsável pela recuperação do crescimento na série pois entregará inovação e decorre no popular cenário Modern Warfare que os fãs adoram.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários