Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Call of Duty vai continuar disponível no Steam, diz Phil Spencer

Promessa da Microsoft para fechar a transação da Activision Blizzard.

A Microsoft continua a tomar medidas para demonstrar que a sua aquisição da Activision Blizzard não vai prejudicar o mercado dos videojogos e formar um monopólio a seu favor.

Em adição à promessa de levar Call of Duty para as consolas da Nintendo durante um período de 10 anos, Phil Spencer disse hoje no Twitter que vão continuar a disponibilizar Call of Duty no Steam depois da fusão entre as duas companhias estar concluída.

"Tenho também o prazer de confirmar que a Microsoft se comprometeu a continuar a oferecer Call of Duty na Steam simultaneamente à Xbox depois de termos encerrado a fusão com a Activision Blizzard King," disse Spencer, o líder da Xbox.

A compra da Activision Blizzard envolve uma transação de $69 mil milhões e está neste momento em fase de aprovação pelos reguladores de mercado. A Sony é a companhia que mais resistência está a oferecer à transação, pela importância de Call of Duty.

Tópicos neste artigo

Segue estes tópicos e nós enviamos-te um e-mail sempre que publicarmos algo novo sobre os mesmos.  Gerir as definições de notificações.

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários