Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Call of Duty exclusivo Xbox poderá beneficiar Battlefield, diz EA

Quer aproveitar isso.

A Electronic Arts está a efetuar uma operação para expandir a série Battlefield e voltar a colocá-la nas boas graças dos jogadores, tirando à DICE a custódia total da série e entregando a liderança criativa a Vince Zampella, que após os sucessos na Respawn tem a missão de trazer de volta o sucesso para Battlefield.

Segundo Andrew Wilson, é mais imperativo do que nunca devolver Battlefield ao bom caminho pois a exclusividade Xbox de Call of Duty representa um mar de oportunidades.

Numa apresentação com os investidores, Wilson concordou que os dois últimos jogos da DICE não cumpriram, mas sabe que o nome Battlefield tem força e é capaz de resistir. Se conseguirem colocar uma boa equipa a trabalhar na série e a traçar o seu futuro, sabem que despertará novamente entusiasmo entre os jogadores.

Segundo diz, a equipa criativa responsável por Battlefield é muito boa e talentosa, capaz de fazer o desejado e libertar a sua ambição para o género de ação na primeira pessoa. Além disso, sente que estão prestes a surgir inesperadas oportunidades com toda a confusão em torno de Call of Duty.

“E num mundo em que existem questões quanto ao futuro de Call of Duty e sobre as plataformas nas quais poderá ou não poderá estar, ser agnóstico em termos de plataformas e com cross-play total em Battlefield, penso que é uma tremenda oportunidade.”

A EA ainda não revelou o próximo Battlefield, mas confirmou que um novo estúdio está a trabalhar numa experiência cinematográfica no universo Battlefield.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários