Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Brink quase igual nas três plataformas

É difícil notar as diferenças.

A Splash Damage está orgulhosa de dizer que as diferenças das diferentes versões de Brink, são difíceis de notar com um olhar.

”Tem sido um grande desafio transitar de uma produtora apenas de PC, para uma produtora de PS3, Xbox e PC ao mesmo tempo”, confessa Richard Ham, director criativo, ao Skewed & Reviewed.

”O nosso maior sucesso é atingir este objectivo. Agora mesmo, todas as três plataformas estão a correr muito bem e é difícil notar com um olhar as diferenças entre as três, até olhares para as mãos do jogador e veres como está a controlar o jogo!”

Brink parece ser mais um grande jogo no género dos FPS.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários