Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Bohemia responde oficialmente à detenção dos seus funcionários

Os funcionários não entraram em nenhuma área militar e não tiraram fotografias de nenhum objeto militar.

O CEO da Bohemia Interactive já tinha comentado sobre a detenção dos seus funcionários na Grécia, esclarecendo que tudo não passava de um mal-entendido, mas agora, partilhou uma declaração oficial sobre a situação.

Cimentando que a detenção não passou de um mal-entendido, a Bohemia afirma que os factos são os seguintes: os dois funcionários visitaram a ilha como turistas, não entraram em nenhuma área militar, e não tiraram fotografias de nenhum objeto militar para ser usado em Arma 3.

"Eles tiraram fotografias e vídeos de áreas públicas, assim como muitos turistas que estavam a desfrutar a beleza e hospitalidade da Grécia. Estes incluem um pequeno vídeo enquanto conduziam pela rua principal em redor do aeroporto internacional, onde uma pequena parte do vídeo mostra à distância hangares e outros edifícios do complexo. É muito provável que muitos outros turistas tenham imagens semelhantes àquelas tiradas por Ivan e Martin (os dois funcionários) nos seus álbuns de família, sem terem consciência de que estão a por as suas famílias em risco," foi explicado.

Também é deixado claro que, apesar de Arma 3 ser baseado na ilha de Lemnos, onde os dois funcionários foram detidos, está longe de ser uma representação idêntica.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários