Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

"Bioshock foi uma bênção e uma maldição"

Diz 2K Games.

Devido ao facto do primeiro Bioshock ter sido muito aclamado pela crítica e ter ganho uma considerável legião de fãs, a 2K Games diz que isto foi uma bênção e ao mesmo tempo uma maldição.

"Como é que consegues ultrapassar uma experiência tão única e envolvente que está muito bem por conta própria?" pergunta Matt Gorman, VP de Marketing da 2K Games, e Tom Bass, Director de Marketing numa entrevista com o thealistdaily.

"Uma das coisas que foi uma bênção e uma maldição foi Bioshock 1. Tinhas muitas notas de 100 e tinhas muitas pessoas que sentiam que era uma experiência finita. Tinhas os fãs hardcore que não estavam convencidos que precisavam de uma sequela e dois anos mais tarde aqui estamos com Bioshock 2."

"Tinhas também as pessoas que nunca tinham experimentado, foi um desafio explicar-lhes que não precisavam de jogar o primeiro para desfrutar do segundo."

Podem ver a entrevista completa no link acima. O que vocês acharam de Bioshock 2? Valeu a pena a produção de uma sequela?

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes