Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Bethesda remove os seus jogos do GeForce Now

Os clientes não ficaram contentes.

Bethesda removeu quase todos os seus jogos do serviço GeForce Now.

Numa mensagem partilhada nos fóruns oficiais, a Nvidia anunciou que a Bethesda retirou praticamente todos os jogos, apenas Youngblood sobreviveu.

Recentemente, a Activision também removeu os seus jogos do serviço de streaming, mas a Nvidia esclareceu que se tratou de um desentendimento e trabalhará com a editora para recuperar os jogos.

A Nvidia não revelou o porquê da Bethesda ter removido os seus jogos e informa ainda numa mensagem que mais jogos poderão deixar o serviço, neste período de transição de trial gratuito para subscrição paga.

A companhia informa que são as editoras a decidir se os jogos permanecem após o acesso antecipado e agora o trial, afirmando que está a tentar trabalhar com as diversas editoras para preservar os jogos, mas após a Activision e a Bethesda, os ânimos estão exaltados.

Eis a lista de jogos da Bethesda que foram removidos:

  • Dishonored
  • Dishonored 2
  • Dishonored: Death of the Outsider
  • Doom
  • Everspace
  • Fallout 3
  • Fallout 76
  • Fallout: New Vegas
  • Prey
  • Quake Champions
  • Rage 2 (Bethesda.net / Steam)
  • The Elder Scrolls Online: Elsweyr
  • The Elder Scrolls V: Skyrim
  • The Elder Scrolls V: Skyrim Special Edition
  • The Evil Within 2
  • Wolfenstein II: The New Colossus
  • Wolfenstein: The New Order
  • Wolfenstein: The Old Blood

Surgiram diversas queixas sobre estas saídas por parte dos clientes e alguns dizem que o serviço está a perder demasiados jogos importantes para a Nvidia se portar como não tivesse culpa.

Os clientes não estão contentes por ver a Nvidia a não prestar declarações e simplesmente informar que a remoção dos jogos é algo com o qual os clientes devem contar.

Um representante da Nvidia comentou no fórum e diz que a companhia também lamenta a saída de jogos.

"Num mundo ideal, todos os jogos estariam no GeForce Now e é esse o tipo de mundo pelo qual estamos a trabalhar. Mas a realidade da situação é que é uma área nova nos videojogos: streaming na nuvem. Existem dificuldades na tecnologia e negócio que devem ser resolvidos quando trazemos um jogo para o serviço.

São esses problemas e desafios que a Nvidia espera agora resolver.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes