Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Bandai encerra microtransacções de Dragon Ball Z: Dokkan Battle na Bélgica

Um dos seus jogos mais populares para Mobile.

Enquanto a EA parece recusar-se a retirar as microtransacções de FIFA na Bélgica, algo que foi imposto pelo próprio governo depois das loot boxes terem sido consideradas jogos de azar, a Bandai Namco já começou a cumprir a nova lei em Dragon Ball Z: Dokkan Battle.

Dragon Ball Z: Dokkan Battle é um dos jogos mais populares da Bandai Namco à escala global e que em várias ocasiões chega ao primeiro lugar dos mais rentáveis na App Store e Google Play graças às microtransacções. As microtransacções consistem sobretudo na compra de Dragon Stones, que podem ser usadas para fazer "Summon" de personagens.

Tal como as loot boxes, os Summons de Dragon Ball Z: Dokkan Battle têm uma probabilidade baixa de te dar aquilo que procuras. Numa notícia dada no próprio jogo, a Bandai Namco avisa que as microtransacções foram desactivadas na Bélgica e que os jogadores daquele território apenas vão receber Dragon Stones de eventos do jogo.

A Bandai Namco reconhece que "isto terá impacto na diversão dos nossos jogadores da Bélgica, mas sentimos que não temos outra escolha a não ser fazer esta mudanças para que os nossos fãs possam continuar a jogar Dragon Ball Z: Dokkan Battle".

No mercado mobile existem milhares de jogos do mesmo estilo de Dragon Ball Z: Dokkan Battle. Será que todos eles vão desactivar as microtransacções na Bélgica?

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes