Ubisoft desesperada com as notas de Assassin's Creed

Análises nem sempre são tudo.

O chefe do gabinete de finanças da Ubisoft, Alain Martinez, revelou numa conferência financeira que a companhia já não deposita a mesma confiança nas médias das análises desde o ano passado com Assassin's Creed.

Martinez revela que "sendo honesto, quando Assassin's Creed foi lançado e teve 82% nós ficamos desesperados, pensávamos que ia-mos morrer." No entanto as vendas provaram-se bastante saudáveis e o jogo vendeu cerca de 2.5 milhões de unidades em apenas 4 semanas, o que até levou a Ubisoft a aumentar de 3 para 5 milhões as suas projecções iniciais para o título.

Isto levou a companhia a questionar se realmente a ligação entre a média das análises e as vendas seria tão forte quanto pensavam.

Martinez dá um exemplo oposto, Prince of Persia: The Sands of Time que teve uma fraca prestação nas vendas e alcançou uma pontuação de 92 no site metacritic. "Se olharem para o primeiro Prince of Persia, nós pensávamos que iria ser fantástico, mas apenas vendeu 2 milhões e ficamos desapontados.

Martinez também lamentou a falta de títulos capazes de ocupar o topo das tabelas de vendas na história recente da companhia, no clima económico actual tal seria muito importante. Martinez acredita que tal se deve à concorrência mais forte.

Publicidade

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Comando Xbox Elite Series 2 já disponível por 180€

Total controlo sobre a tua experiência de jogo.

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários