Ubisoft desesperada com as notas de Assassin's Creed

Análises nem sempre são tudo.

O chefe do gabinete de finanças da Ubisoft, Alain Martinez, revelou numa conferência financeira que a companhia já não deposita a mesma confiança nas médias das análises desde o ano passado com Assassin's Creed.

Martinez revela que "sendo honesto, quando Assassin's Creed foi lançado e teve 82% nós ficamos desesperados, pensávamos que ia-mos morrer." No entanto as vendas provaram-se bastante saudáveis e o jogo vendeu cerca de 2.5 milhões de unidades em apenas 4 semanas, o que até levou a Ubisoft a aumentar de 3 para 5 milhões as suas projecções iniciais para o título.

Isto levou a companhia a questionar se realmente a ligação entre a média das análises e as vendas seria tão forte quanto pensavam.

Martinez dá um exemplo oposto, Prince of Persia: The Sands of Time que teve uma fraca prestação nas vendas e alcançou uma pontuação de 92 no site metacritic. "Se olharem para o primeiro Prince of Persia, nós pensávamos que iria ser fantástico, mas apenas vendeu 2 milhões e ficamos desapontados.

Martinez também lamentou a falta de títulos capazes de ocupar o topo das tabelas de vendas na história recente da companhia, no clima económico actual tal seria muito importante. Martinez acredita que tal se deve à concorrência mais forte.

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários