Skate

Skate marca o ingresso da EA no mundo do skate, algo que já ansiávamos há algum tempo visto que pouca é a concorrência dentro neste desporto.

Palavras para adjectivar Skate não nos faltam, mas a ideal é mesmo inovação. Skate é uma lufada de ar fresco como há muito não se via em jogos do género, Tony Hawk tornou-se repetitivo e pouco inovador, enquanto skate mostrou que tem argumentos para vencer esta luta.

Algo que é de destacar, não fosse esse um dos pontos fortes do jogo, é a jogabilidade. Estamos claramente perante um jogo diferente daquilo a que estamos habituados. Em Skate tudo é diferente, desde os controlos às manobras, este é um jogo intuitivo e que acima de tudo incentiva o jogador a fazer aquilo que mais gosta, jogar. Podemos dizer que é esta jogabilidade difícil que torna o jogo mais apetecível e viciante, pois a cada barreira que passamos, maior é a nossa vontade de jogar.

O jogo narra a história de um rapaz que após um aparatoso acidente enquanto andava de skate acorda numa cama de hospital é precisamente nessa altura que decidimos quem é e como é esse rapaz. Somos levados para o menu de personalização e dentro das várias opções que temos podemos criar aquela que será a nossa personagem durante o jogo. Desde T-shirts a calções, passando pelas sapatilhas e não esquecendo os acessórios, coisa que não nos falta é equipamento para o nosso skater. Existem imensas marcas licenciadas por onde escolher, cada marca tem inúmeras peças de roupa que ao longo do jogo poderão ser desbloqueadas e compradas com dinheiro ganho em competições. A opção de personalizar o skate também não foi esquecida e não só podem alterar o deck, o trucks e as rodas como também podem alterar a dinâmica do skate, aumentando e diminuindo o tamanho da suas peças, o que permitirá ganhar mais estabilidade ou mesmo velocidade dependendo dos gostos de cada um.

Quando o jogo começa somos apenas mais um skater que quer chegar longe, mas dependendo do nosso sucesso conseguiremos ou não alcançar o grande objectivo, aparecer em diversas revistas e ser um skater profissional. Durante todo o jogo teremos sempre presente o objectivo principal, sentirmos que estamos na pele de um skater, e aqui damos definitivamente os parabéns à produtora porque é um objectivo alcançado com distinção. Tudo acontece de forma natural e sequencial, com a responsabilidade vêm os grandes desafios, e se ao início praticamos o desporto por prazer, mais cedo ou mais tarde irão começar a aparecer oportunidades para chegarmos longe nesta dura caminhada.

Tudo aquilo que precisamos nesta caminhada está na nossa mochila, um mapa, um telemóvel com MP3 incluído e a bíblia do skat, pois é, uma bíblia, em toda a cidade de San Vandelona estão escondidos inúmeros spots que devermos ownar, se o conseguirmos fazer entraremos nesta espécie de bíblia, mas o melhor de tudo é que podemos ver os scores de todo o mundo, e porque não tentar ficar em primeiro lugar? Trabalho árduo e muito esforço são a receita principal para o conseguir. Temos também a ajuda de uma espécie de manual para aprendermos a realizar todos os truques, algo que se tornará muito útil em alguns tipos de jogos. A lista de músicas do jogo pode também ser alterada conforme o nosso gosto, mas infelizmente apenas o podemos fazer com as músicas predefinidas, mas não se preocupem, a banda sonora do jogo é excepcional.

Existem vários tipos de competições, uma delas é o Best Trick, na qual seremos pontuados conforme a melhor pontuação conseguida num único truque. Outra das competições consiste no mesmo, mas a nossa pontuação e sucesso na prova reside no somatório dos pontos de todos os truques feitos. Existe também o tradicional jogo do SKATE, no qual teremos que repetir os truques do nosso adversário até que ele caia, aí acontecerá o mesmo mas ao contrário, quando alguém não conseguir repetir o truque somará uma das letras da palavra SKATE, o primeiro a ter as 5 letras perde, é uma espécie de jogo do burro, mas é um burro mais radical. Todos estes modos de jogo poderão ser experimentados tanto online como offline, nomeadamente durante o modo carreira, no modo carreira este tipo de competições dá-nos dinheiro e prestigio para que sejamos conhecidos e por consequente aparecer na capa de revistas.

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Ricardo Madeira

Ricardo Madeira

Colaborador

É redator e dá voz à Eurogamer Portugal. É um dos mais antigos membros da equipa, e ao mesmo tempo um dos mais novos. Confusos? É simples.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Grounded estreia-se entre os mais jogados no Xbox Live

Mais de 1 milhão de jogadores nos primeiros 2 dias.

Xbox Game Pass pode salvar a vida dos indies, diz criador indie

Revela que acordo Game Pass permitiu financiar o seu jogo.

Temtem confirmado para a PS5

Quando sair do acesso antecipado.

Hood: Outlaws & Legends anunciado

Multi-plataformas cross-gen.

Novo vídeo de Godfall explica tudo sobre o jogo

Desde a ambientação até ao sistema de combate.

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários