Nintendo ganha pedido para bloquear o acesso a sites com ROMs da Switch no Reino Unido

Mais um esforço da Nintendo para combater a pirataria na sua consola.

A Nintendo continua a reprimir a pirataria da Nintendo Switch, desta vez indo atrás de sites específicos de ROMs que fornecem links para downloads de jogos da Switch.

A companhia japonesa obteve um pedido de injunção que obriga as principais empresas de Internet do Reino Unido - BT, EE, Plusnet, Sky, TalkTalk e Virgin Media - a bloquear o acesso a determinados sites de ROMs durante dois anos.

De acordo com informações do Nintendo Life, foram bloqueados cinco sites (nsw2u.xyz, nsw2u.org, nsw2u.com, nsw2u.net e nswrom.com) que a Nintendo acusa de disponibilizarem ROMs piratas de jogos para a Switch.

"A Nintendo acredita que estes sites são de natureza comercial devido ao fato de apresentarem publicidade que gera receitas com base em visualizações de página e ainda anúncios pop-up. A Nintendo também expressou preocupação com o conteúdo adulto explícito que aparece durante o processo de download, dada a natureza jovem do seu público principal.", pode ler-se no artigo.

A Nintendo terá contactado os donos dos sites de maneira a esclarecer o assunto fora do tribunal, se bem que a companhia acredita que todos eles são geridos pela mesma entidade.

Assim sendo, o juiz decidiu que os sites estavam, de facto, a quebrar leis de direitos de autor. A injunção do tribunal pode ser encontrada aqui.

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Diretor de Estúdio e cofundador da Playground Games está de saída

Forza Horizon e Fable passam para as mão de Trevor Williams

Babylon's Fall alcançou estado Gold

PlatinumGames terminou o desenvolvimento.

Codiretor de Skull & Bones abandona o barco

Jogo de piratas da Ubisoft foi anunciado há 5 anos.

Comentários (9)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários