AOC Agon Pro (AG324UX) review - O monitor que faz tudo

4K, 144 Hz, AMD FreeSync, HDR e mais.

As consolas de videojogos pertencem, tradicionalmente, à sala de estar. Há quem não abdique do conforto de um sofá aconchegador e percebo completamente essa decisão. Durante uma grande parte da minha vida, fui um jogador de sofá, mas as coisas vão mudando e vejo cada vez mais apelo na combinação de secretária com monitor. À medida que as resoluções das televisões foram aumentando, o tamanho dos ecrãs acompanhou esse crescimento. Hoje é difícil encontrar uma televisão com menos de 43 polegadas. Até existem, mas normalmente não têm as características desejadas para gaming. Assim sendo, para quem prefere jogar numa secretária ou num espaço mais pequeno do que uma sala-de-estar, um monitor é neste momento a melhor opção disponível.

O novo Agon Pro (AG324UX) da AOC Gaming surge no mercado como uma resposta para aqueles que querem um monitor para jogar num PC topo de gama e/ou em consolas de nova geração como a PS5 e Xbox Series X. No papel, as especificações batem certo: painel IPS 4K (3840 x 2160), taxa de resposta até 144 Hz, latência extremamente baixa (resposta de 1 ms), suporte para HDMI 2.1 (necessário para jogar a 4K / 120 Hz), FreeSync Premium e compatibilidade com G-Sync. O monitor também tem o certificado VESA para HDR 400, que embora não seja o melhor HDR que existe (é o mais básico), é o mais comum em monitores gaming. Infelizmente, não se pode ter tudo e neste momento, no geral, as televisões oferecem melhor HDR do que os monitores.

Ergonomia, Conforto e Suporte

Em termos de dimensões, este é um monitor grande. Tem 31.5 polegadas, o suficiente para que a resolução 4K faça diferença real. A montagem é fácil e não deves demorar mais do que cinco minutos a colocar o suporte e a encaixar o painel. O encaixe é feito sem qualquer tipo de parafusos e se quiseres retirar o painel do suporte, só tens que deslizar um botão da esquerda para a direita. O suporte é altamente robusto, feito em aço maciço, mas ocupa mais de metade (em profundidade) da minha secretária. Quanto maior for o monitor, maior será o suporte para o mesmo, todavia, o design de "Y" escolhido para o AGON Pro não é o mais poupado em termos de espaço.

Para máxima ergonomia e adaptação ao utilizador, podes regular a altura do monitor em 13 mm, fazendo apenas ligeira força para ajustar a altura. Também podes virar o painel para os lados, alterar a inclinação, e rodá-lo até 90 graus para orientação vertical - como o painel é tão grande, não consegues completar a rotação sem jogar com a inclinação, as laterais batem nas pernas suporte. Uma característica interessante, que aumenta o conforto, é um comando circular USB para ligar ao ecrã, através do qual consegues aceder às definições. O monitor também tem um botão escondido atrás para o mesmo efeito, mas esta solução torna o processo de aceder e navegar nas definições mais fácil.

Na conectividade, o AGON Pro tem tudo aquilo que poderias desejar de um monitor. Há duas portas HDMI 2.1, uma porta DisplayPort 1.4, uma porta USB-C, e um USB HUB com quatro portas USB 3.1. É um monitor ideal para ligares ao PC através da DisplayPort, e ainda sobram duas portas HDMI se quiseres ligar duas consolas de videojogos, por exemplo. Também podes carregar a bateria de vários dispositivos através do monitor (entrega de energia de 90W) e ligar dispositivos como ratos e teclados directamente ao monitor (via USB Hub). Para além da embalagem incluir cabos DisplayPort 1.4 e HDMI 2.1, também vais encontrar um cabo USB (com adaptador USB A) para carregares os teus dispositivos.

Design

O Agon Pro (AG324UX) quer ser o centro das atenções na tua secretária. Com 31.5 polegadas e um suporte gigantesco, não passa despercebido. As bordas laterais e superiores são mínimas, conferindo-lhe um ar elegante e sofisticado. Na parte inferior tens uma barra de iluminação personalizável com vários efeitos e cores, mas que pode ser desligada. Outra das particularidades do monitor é a projecção do logótipo da AGON, em que também podes personalizar a cor ou optar por desligá-lo. A iluminação continua na parte traseira, com seis tiras iluminadas. Na parte frontal, o logótipo da AGON está impresso a vermelho, combinando com as partes do suporte. É um monitor que assenta que nem uma luva em setups com múltiplas luzes LED e com PCs de caixas transparentes. Até podes combinar a iluminação do monitor com o resto. Na questão do design, a única queixa que temos é a fonte de alimentação. É grande, pesada e o cabo não é muito comprido. Pode tornar-se muito complicado esconder o cabo devido ao seu comprimento reduzido (para quem gosta de ter um setup limpinho e sem cabos à vista).

Painel IPS, Cores e HDR

Os benefícios de um painel IPS estão todos aqui presentes. O AGON Pro tem bons ângulos de visão, excelente taxa de resposta, e cobertura compreensiva do espaço de cores. É um bom monitor para jogar e perfeitamente viável para edição de vídeo e imagem. De acordo com os valores oficiais da AOC, o monitor cobre 125% do espaço RGB, 100 do espaço DCI-P3, e 107% do espaço Adobe RGB (leva em conta que podem existir variações de unidade para unidade). A nossa unidade não veio muito bem calibrada de fábrica; bastava olhar para perceber que as cores não estavam bem afinadas. Depois de uma calibração, as cores melhoraram.

A nossa unidade tem outro "problema", que é comum a todos os painéis deste tipo. Existe "bleed" na parte superior do ecrã (luz branca a sair das extremidades), principalmente no canto superior direito. Esta é outra coisa variável; há unidades que têm mais, outras que têm menos. Seja como for, apenas vais notar em cenas escuras e se tiveres o brilho no máximo ou perto disso. Dito isto, o monitor tem um contraste razoável (1000:1) lida bem com tonalidades muito escuras e pretos. Um dos melhores testes para averiguar esta capacidade é o episódio "The Long Night" de Game of Thrones, mas também recorremos à demo visual "Swordsmith" da Sony. Em ambos os conteúdos o AG324UX conseguiu bons contrastes, saturação de cores, verdadeiros pretos (em muitos monitores, os pretos são cinzento escuro).

A questão do HDR é complicada. O ecrã tem 350 nits de brilho em SDR, com um aumento para 400 nits em modo HDR. Como estava a dizer no início, o HDR nas televisões é melhor do que nos monitores, porém, há monitores com preços inferiores ao AG324UX que já oferecem HDR 500 ou até HDR 600. A certificação de HDR acaba por ser apenas um "visto" numa lista de requisitos para marketing, mas na prática os resultados não são muito favoráveis. Ao ligares o modo HDR, vais reparar que até no ambiente de trabalho as cores ficam ligeiramente menos saturadas. Contudo, existe uma vantagem em ter o HDR activo, que é local dimming. Este modelo da AGON Pro tem local dimming em 16 zonas, o que é pouco comparativamente a outros monitores topo de gama, mas ajuda definitivamente a entregar melhores tons de preto. De qualquer maneira, o HDR não é a principal razão para comprar este monitor.

agon_pro_AG324UX_review_6
O monitor traz um comando para navegares facilmente pelo menu de opções.

Grande leque de funcionalidades

O AG324UX tem um leque de funcionalidades completo, seja para jogar e para produtividade. Com 31.5 polegadas de tamanho, é grande o suficiente para conseguires dividir o ecrã em duas metades através do modo PBP. Há suporte também para PIP, ou seja, consegues colocar imagens de duas fontes no ecrã, uma em cima da outra (e podes controlar as dimensões da janela em cima). No que toca a funcionalidades específicas para gaming, na interface podes seleccionar vários modos de jogo como FPS, corridas, RTS ou personalizado. Não reparei em nenhum benefício destes modos, a única coisa que parecem é alterar a gamma para tornar certas cores mais ou menos intensas.

agon_pro_AG324UX_review_2
Os ângulos de visão são amplos.

De todas as funcionalidades gaming, o Overdrive é certamente a mais útil e procurada. O que o Overdrive faz é diminuir o tempo resposta do painel para tornar tudo mais nítido. Este monitor tem quatro níveis de Overdrive: desligado, fraco, médio e forte. O nível mais elevado prejudica a qualidade de imagem, fazendo com o que os objectos, personagens e outros elementos deixem um rasto preto quando se deslocam. O melhor é deixar esta opção no nível fraco ou médio. Nas opções podes ainda activar o contador de fotogramas por segundo e um crosshair fixo no meio do ecrã. Embora fique, de facto, horrível, é uma ajuda na hora de apontar com precisão.

Para protecção ocular, o AG324UX já vem com um modo que reduz a luz azul. Podes seleccionar quatro opções: multimédia, escritório, internet e leitura. Da esquerda para a direita, maior é a redução de luz azul (nota-se o ecrã a ficar cada vez mais amarelo à medida que circulas pelos diferentes modos). De referir ainda que este monitor tem colunas integradas. Embora geralmente as colunas integradas em monitores sejam fraquinhas, fiquei surpreendido com a qualidade das colunas do AG324UX. Calma... ter uma barra de som de qualidade ou um sistema de som de várias colunas ainda é a melhor solução, mas para colunas integradas, conseguem atingir um volume surpreendente e som de qualidade. As opções de som DTS e TruVolume HD ajudam bastante, visto que se forem desligadas, o som piora consideravelmente.

É um bom monitor para a PS5 e Xbox Series X | S?

O Agon Pro AG324UX cumpre todos os requisitos para tirar proveito das consolas da actual geração. Tem HDMI 2.1, que permite jogar com 4K e 120 Hz, suporte para HDR, e compatibilidade com AMD FreeSync (apenas a Xbox Series tira proveito disto, a PS5 ainda não tem suporte para ecrãs com Variable Refresh Rate). Como a taxa de actualização pode ir até 144 Hz, e graças a uma resposta rápida de 1 ms, o monitor é especialmente indicado para jogos competitivos. Jogar partidas multiplayer de Halo Infinite, Valorant ou qualquer outro jogo competitivo é uma maravilha graças à nitidez e fluidez das imagens, mesmo quando tudo está a acontecer rapidamente. E para quem tem um PC fixo ou portátil, é um monitor igualmente bom, apropriado para trabalhar, jogar e assistir a filmes e séries.

monitor_aoc_agon_pro_2
Uma amostra das cores, brilho e contraste.

Agon Pro (AG324UX) - Preço e considerações finais

Este monitor tem o preço oficial de €1139. Apesar de todas as suas funcionalidades e características, ainda é um preço ligeiramente elevado, basta olhar para as propostas de outras marcas no mercado para perceber isso. Se o HDR fosse melhor, com certificação de HDR 500 ou até HDR 600, o monitor conseguia destacar-se melhor entre os restantes e o preço não seria tanto uma questão (ainda são poucos os monitores a exceder o HDR 400). Não obstante, é um candidato que não deve ser ignorado se andas à procura de um monitor altamente capaz e versátil. Não há muitas opções no mercado a combinar 31.5 polegadas, 144 Hz e resolução de 4K. O AG324UX é muito bom para gaming, tenhas uma consola, um PC ou ambos. É especialmente recomendável para quem tem uma PS5, Xbox Series X | S e placas gráficas relativamente recentes. .

Prós: Contras:
  • Um painel enorme de 31.5 polegadas
  • Oferece 4K e 144 Hz
  • Grande leque de opções para gaming e produtividade
  • Suporte robusto
  • Boa fidelidade de cores em SDR
  • O local dimming de 16 zonas ajuda a entregar pretos melhores
  • Preço ligeiramente elevado
  • O HDR podia ser melhor
  • O suporte ocupa bastante espaço

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (14)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Divisão gaming da Microsoft bate recordes de receita em 2021

Um aumento de quase 18% sobre o ano anterior.

Quais os melhores jogos de sempre da Nintendo Wii?

A consola caseira mais bem-sucedida da Nintendo.

Youtuber gastou mais de 3,500 mil euros em FUT 22 para tentar obter uma TOTY

Bateson continua a dar que falar devido ao dinheiro que gasta em packs.

Também no site...

Comentários (14)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários