O livro dos recordes do Guiness registou um novo recorde mundial para o videojogo The House of Dead: Overkill, lan?ado recentemente na Nintendo Wii.

O recorde foi batido como o jogo que mais vezes usa a palavra "fuck"; cerca de 189 vezes. Desta forma a organiza??o reconhece House of Dead: Overkill como o jogo com a linguagem mais ofensiva da hist?ria, uma vez que esses 189 palavr?es s?o usados em apenas 3 horas de di?logo do jogo, o que ? uma m?dia de mais de um palavr?o por minuto, e 3 % do total das palavras faladas no jogo.

Com este jogo ? assim inaugurada esta categoria de recorde mundial nos videojogos, categoria essa que j? existia nos filmes.

Jonathan Burroughs, argumentista do jogo, afirmou que, "? uma honra d?bia receber uma men??o como esta numa ind?stria em que o fruto do teu trabalho ? muitas vezes taxado de irrespons?vel ou infantil, ainda que no caso de The House of Dead: Overkill um pouco de infantilidade era o objectivo. Gozar com a linguagem em excesso do cinema s?rie B era o objectivo da Headstrong Games e fico satisfeito que este recorde reconhe?a que n?o s? conseguimos fazer frente a esse desafio, como tamb?m foi totalmente ultrapassado."

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

House of the Dead Overkill

Terror e choque em Bayou City!

Flick of the Dead já disponível nos iOS

Versão tátil do clássico Typing of the Dead.

SEGA desiste da Nintendo Wii?

Pelo menos para jogos mais hardcore/adultos.

SEGA sobre vendas de Overkill e MadWorld

Companhia confiante nos dois títulos.

Criadores de House of Dead: Overkill querem fazer um novo Virtua Cop

Jogo é um dos títulos mais idolatrados pelos fãs da SEGA.

Últimas

Publicidade