Ferrari Challenge: Trofeo Pirelli

Queres ser o novo Bruno Senna?

Há sempre um calor e emoção especiais junto dos jogadores quando chega ao mercado um novo título baseado numa licença Ferrari. Não se trata do jogo oficial da Ferrari, mas antes uma produção corajosa da System 3 que traz pela primeira vez um dos mais excitantes e competitivos campeonatos do mundo para o hemisfério das consolas; o Ferrari Challenge.

A System 3 não fez por menos e atacou em quase todas as plataformas do mercado com versões para a portátil NDS, Nintendo Wii, Playstation 2 e Playstation 3, esperando-se que o trabalho desenvolvido para a PS3 seja o de maior destaque a contar desde logo pelas expectativas que a obra está a gerar.

A produtora britânica foi ainda ao encontro dos préstimos e feedback de um jovem em fase de progressão na carreira e que transporta no apelido todo o peso de um mito vitorioso, desaparecido tragicamente em 1994 no muro da curva Tamburello no circuito de Imola; Senna. O José Mourinho diz no anúncio da Adidas – Dream Big - que “tu nunca podes ser o novo Káká ou o novo Messi, tens de ser tu próprio”, mas o rosto do Bruno Senna lembra o tio e tantos patrocinadores já depositam que ele transporta a perícia e força vencedora de um novo Ayrton Senna.

Talvez pela tenra idade, o piloto brasileiro gosta de videojogos, conhece os Need For Speed e toda a série Grand Prix de Geoff Crammond e por isso, neste contacto mais a fundo com a indústria adiantou que Ferrari Challenge “é uma simulação, mas que também tem uma componente arcade, sendo mais permissivo em determinados pontos para não complicar tanto a vida do jogador”.

Ferrari Challenge é efectivamente uma lufada de ar fresco, uma clara alternativa a séries que constantemente se reciclam, trazendo à baila um conteúdo próprio e deveras ambicioso, não só no número elevado de pistas verdadeiras em presença, mas também porque nunca ficarão confinados ao carro Ferrari 430 Challenge. A System 3 preocupou-se em desenvolver mais bólides licenciados pela Ferrari, num percurso encetado pela vertente histórica da marca, embora tenham de suar a camisola para desbloquear o inteiro stand de luxo.

O detalhe das pistas é soberbo. Há pormenores de relevo e mesmo o famigerado circuito monegasco acende-se com toda a pompa no fim de um belo dia para receber os carros dispendiosos de Maranello. SPA Francorchamps devolve o prazer de uma corrida à moda antiga com rectas a perder de vista e curvas a descer, abertas e amplas, no meio de pinhais frescos no verão (a zona das Ardenas), ou seja, o périplo turístico estende-se por 17 pistas do circuito europeu e norte-americano.

1
Este é o meu carro de uso diário.

A tendência é capturar o maior número de adeptos e os americanos sempre preferem corridas divertidas, recheadas de acidentes e diversão, daí a existência de um sistema de condução ajustável para principiantes, mais generoso, e para jogadores veteranos, habituados a lides complexas, capazes de suportarem e levarem de vencida as assustadoras de corridas de faca na boca.As corridas para múltiplos jogadores em rede prometem desafios agressivos, com 16 contendores em pista preparados para atacar cada ponto de travagem e cada metro de pista. Não haverá lugar para falhas e o efeito de conduções desastrosas repercutir-se-á na perda de eficiência do carro, podendo deixar bocados da estrutura espalhados pela pista.

A interacção com o ambiente de jogo promete ser um dos elementos decisivos devido à existência de poeiras, fumos e sprays de água lançados pelos carros precedentes. As corridas à chuva são um apelo à renovação da condução, ajustada inevitavelmente perante circunstâncias mais severas.

Com FC:TP a System 3 almeja segurar uma quota significativa de mercado, num jogo onde a palavra de ordem é divertimento. Sem ser inteiramente realista e exigente como o também mítico F355 Challenge da Dreamcast, este pode bem ser o jogo de automóveis para gozar no verão de 2008.

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Jogos Project Zero poderão receber mais remasters

Koei Tecmo ficou surpresa com as reações.

Netflix não comprará estúdios de jogos a torto e a direito

Estará atenta a oportunidades que façam sentido.

Abertas as reservas para Cotton 100% e Panorama Cotton

Strictly Limited Games e ININ Games celebram 30 anos da série.

Vídeo | Lootbox #34 LIVE - Em direto com a comunidade

Junta-te a nós pelas 16h de Portugal, 12h no Brasil.

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários