GTAIV Vídeo passagem do tempo: 15 dias em Liberty City

A passagem do tempo na Big Apple da Rockstar.

Já tínhamos planeado fazer isto há muitos anos, mas o lançamento recente de Grand Theft Auto IV: Episodes from Liberty City provou ser uma boa desculpa para finalmente andar com isto para a frente - não apenas devido ao conteúdo adicional ser fantástico, mas também para prestar um tributo ao que permanece como o melhor, mais bem realizado ambiente de mundo-aberto alguma vez criado para as consolas.

Sentar e observar o mundo a passar em GTA IV já é uma experiência em si, e o alcance dos comportamentos atribuídos aos pedestres do jogo é absolutamente fenomenal. Eles bebem café no caminho para o emprego, eles sentam-se nos bancos a ler, eles fazem um aquecimento andes de irem fazer jogging, eles correm para se abrigarem da chuva, eles ficam muito chateados quando um carro vai contra eles.

Alguns fumam, outros não... Eles até arranjam lutas entre si em determinadas ocasiões. Tudo combinado com os seus movimentos reais e dos veículos, juntamente com o fantástico sistema de iluminação e a soberba realização do sistema de vários tipos de tempo e tu não podes deixar de apreciar esta realização técnica alcançada.

O objectivo do jogador é, naturalmente, o jogo em si, e a paisagem urbana que a Rockstar North criou é algo como certo, tendo em conta quão longe está da concorrência a tecnologia deles. Deve ter dado um trabalho gigantesco para criar e codificar o make-up de Liberty City, mas durante todo o jogo, isso é apenas detalhe de fundo enquanto vemos a história de Niko - ou Johnny Klebitz, ou Luis Lopez a se desenrolar.

Existem queixas de que o jogo tem um pouco de lag e o frame-rate é bastante variável e muitas vezes decepcionante, e é difícil argumentar com isso, especialmente quando existe outros jogos que também têm um mundo aberto e conseguem ter um frame-rate mais certo. No entanto, é importante lembrar que para além de tudo o que escrevi, a cidade de Liberty City é uma criação diferente de qualquer outra coisa.

Em comparação jogos como Prototype e Crackdown podem transmitir e descomprimir dados de uma forma relativamente mais fácil graças à repetição de imensos elementos gráficos, texturas partilhadas e uma geometria básica. Mas não é apenas isso, pois os produtores podem moldar o ambiente como quiserem para coincidir com os limites da tecnologia usada. Por outro lado o GTAIV, está a tentar uma recriação total de Nova York, isto com todos os desafios em si que representa.

Por falar em desafios, fazer este vídeo não foi um simples passeio no parque. Antes de mais nada, precisávamos de uma técnica para sustentar um ponto de vista na primeira pessoa, sem que o jogo mudasse para o modo espectador. Isto foi resolvido usando a câmara do telefone, que conseguimos obter durante a história. Depois capturámos. O ciclo dia e noite dura cerca de 50 minutos em tempo real, e conseguimos capturar cerca de 45 pequenos vídeos a um frame por segundo durante 10 dias, dos quais não se fez nenhum corte.

Enquanto os nossos anterior vídeos do tempo a passar eram simplesmente a passagem do dia para a noite, aqui fomos ainda mais longe. Graças ao tempo no ecrã do telemóvel de Nico, conseguimos editar 15 dias de tempo de jogo - completos e integrais - abrangendo 35 locais diferentes de Liberty City.

Esta é a nossa homenagem a um feito técnico soberbo que mais nenhum jogo com um mundo aberto conseguiu igualar, e apenas podemos imaginar o que a equipa da Rockstar tem preparado para o inevitável próximo GTA. Com a tecnologia já criada e essencialmente ainda inigualável, irão os produtores mudar o objectivo para a criação de conteúdo? Ou podemos esperar uma versão mais avançada deste surpreendente motor?

Publicidade

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Nintendo revela cenas sobre a criação do trailer de Breath of the Wild 2 para aliciar novos funcionários

"Estamos à procura do poder para criar jogos e o poder para criar arte," diz a Nintendo.

Tekken 7 - revelados novos personagens

Leroy Smith, Ganryu e Fahkumram.

Wonder Woman 1984 recebe teaser na CCXP

Amanhã teremos o trailer completo.

Também no site...

Nintendo revela cenas sobre a criação do trailer de Breath of the Wild 2 para aliciar novos funcionários

"Estamos à procura do poder para criar jogos e o poder para criar arte," diz a Nintendo.

Tekken 7 - revelados novos personagens

Leroy Smith, Ganryu e Fahkumram.

Wonder Woman 1984 recebe teaser na CCXP

Amanhã teremos o trailer completo.

Black Widow ganha poster na CCXP

Marvel estreia imagem promocional em evento Brasileiro.

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários