GT5: Análise à Instalação

Como funciona e porque deveria ser melhor.

Gran Turismo 5 da Polyphony Digital é provavelmente o jogo de corridas maior e mais rico em conteúdos alguma vez feito. O problema de como vai a PS3 lidar com a fenomenal quantidade de jogabilidade iria sempre ser um problema. A revelação da semana de uma instalação de 6.5GB, com 40 minutos, rapidamente seguida por um comunicado oficial da Sony a acrescentar contextualização e explicação aos números em cru é apenas realmente a ponta do icebergue.

Vamos falar dos tempos de instalação. A Polyphony Digital avisa-te ao seleccionar a instalação que pode demorar cerca de 50 minutos a completar. A fonte não oficial da semana passada diz que este timing foi dez minutos mais rápido que isso, por isso decidimos testar isso usando a nossa PS3 de loja – um modelo NTSC de 60GB do lançamento ainda com o seu disco duro original, a correr uma cópia final PAL do jogo. Tendo em conta que o salto de gerações na velocidade dos discos duros desde que este modelo foi lançado, podemos assumir com segurança que este é provavelmente o pior cenário para o teste.

Graças às maravilhas do vídeo do passar do tempo, podem verificar o nosso tempo geral aqui. Porquê o vídeo? Bem, notem a forma como a barra de progresso funciona – a sua leitura não é de forma alguma um indicativo de quanto tempo vais realmente esperar a qualquer momento. As probabilidades são que está ligada ao número de ficheiros que está a processar em oposto ao tempo levado para os transferir, daí o tempo incerto. Este vídeo cobre a instalação da actualização 1.01, que acrescenta um tempo aproximado ao completar - da qual a exactidão é bem engraçada.

Mais de três quartos de hora correspondentes a tempo de instalação de GT5 condensados em 30 segundos.

Portanto, uns gigantescos 42 minutos no total para nós – um novo recorde, na verdade. Os leitores do Digital Foundry com particulares excelentes memórias vão-se lembrar da nossa análise à PS3 Slim, onde o nosso comparativo do passar do tempo em ecrã dividido revelou que o modelo PS3 mais recente instalou o infame Devil May Cry 4imensamente muito mais rápido que o nosso modelo mais velho. É seguro dizer que vão ver a mesma exacta coisa com GT5.

Demos uma espreitadela ao nosso disco duro PS3 e descobrimos que o jogo desarquivar dados de forma selectiva de um volume gigantesco de 12GB no BD, e extraí uma multiplicidade de pequenos e individuais ficheiros e guarda-os no disco duro. Isto envolve uma assinalável quantidade de movimento para a cabeça na drive, e num disco duro tão velho quanto o nosso do modelo de lançamento, isto causa uma quantidade significativa de tempo de procura.

Se estão a correr numa máquina mais velha, pode estar na hora de encontrar um substituto – 640GB é o que devem procurar no momento. Placas de alta densidade, provavelmente mais cache onboard - deve acelerar o teu sistema significativamente, para não mencionar o providenciar de uma vasta quantidade de armazenamento adicional.

A instalação de GT5 é tão fundamental ao jogo que tem mesmo o seu próprio sub-menu no ecrã de opções. Aqui está um par de capturas para ilustrar. De forma interessante existe até uma opção para consultar o disco duro e obter uma figura exacta de quanto espaço GT5 está a consumir, e existe até uma opção de recuperar ficheiros caso os ficheiros do sistema se tornem corruptos.

install1
install2
A instalação é tão importante para a Polyphony que tem o seu próprio menu de opções!

É seguro dizer que a Polyphony Digital leva o negócio da instalação seriamente. No entanto, não podes deixar de sentir que a implementação é realmente bem pobre. Mesmo com uma instalação de 6.5GB de jogo completada após 47 minutos de jogo, o jogo continua a instalar. Pré-visualizar um carro e o jogo precisa de carregar os dados. Acedam a um novo modo de jogo e precisa de ser instalado. Abranda o ritmo do jogo e compromete a relação do utilizador com o que é verdadeiramente um belo sistema de menu.

Ao seleccionar uma opção, por vezes o ecrã fica preto com as letras de "A Instalar..." a surgir no canto inferior direito e tudo o que acontece momentos depois é que uma barra de progresso aparece! E essa barra de progresso, novamente, não parece ter muita relação com a quantidade de tempo que o carregamento demora. Mesmo quando seleccionaram o vosso carro e pista e estão à espera para a corrida começar ainda mais instalação de fundo ocorre – presumivelmente aqui qualquer carro de um oponente fora da cache está a ser adicionado ao disco duro.

No entanto, não existe dúvida sequer que a instalação ajuda as coisas significativamente. Aqui está um vídeo da primeirissima vez que carregamos o jogo. Os ficheiros de jogo são criados. Cenas de fundo dos menus são instaladas. Carros são guardados no disco duro como tentativa para os pré-visualizar. E então a espera prolongada começa consoante o nosso circuito escolhido é instalado e carrega. Neste ponto cortamos a sequência equivalente após a instalação para uma comparação directa em ecrã dividido.

Estamos já bem na corrida antes do jogo não instalado nos levar sequer para o ecrã de início de corrida: na verdade existe uma diferença de 40 segundos entre os dois tempos de carregamento. Neste exemplo, a instalação corta os tempos de carregamento para metade.

Um olhar rápido ao sistema de instalação dinâmico de GT5 – notem no continuado surgir dos avisos de 'A Instalar' no canto inferior direito. Também está incluído um confronto do carregamento das corridas: instalação vs. Sem instalação.

Se o tamanho ou escala de tempo da instalação te desanima, a Sony correctamente assinala que podes jogar GT5 sem instalar os dados de jogo e que apenas uma quantidade mínima de espaço de sobra no teu disco duro é realmente necessário para começar e correr. No entanto, vale a pena salientar que com a actualização 1.01, o jogo apresenta uma notificação que recomenda fortemente que leves a cabo a instalação opcional.

Vale a pena ouvir o aparelho: o facto é que a instalação dinâmica em fundo é quase dolorosamente lenta por vezes – no nosso teste, uma pista não guardada no disco com carros não guardados no disco demorou cerca de 80 segundos a carregar. Verdade, o tempo de carregamento vai ser cortado consideravelmente da próxima vez que a pista foi acedida, mas certamente após a corrida, as probabilidades são que vás passar para algo novo, iniciando outra experiência prolongada de carregamento. A melhor coisa a fazer nas circunstâncias é realmente colocar a instalação a correr – 47 minutos é o tempo de fazer uma chávena de chá e ver um programa de TV Norte Americano se quiserem ocupar o vosso tempo entretanto.

Para um jogo no qual o estúdio colocou tanto esforço no processo de instalação, é realmente intrigante que não exista opção de instalação completa; é difícil acreditar que não iria resolver todos os problemas de uma vez. Assim que um modo de jogo abre, ou um carro é pré-visualizado, é guardado no disco duro e voltar a aceder é rápido e livre de problemas. No entanto, ao escolher instalar dados seleccionados para o disco duro, o problema é apenas mitigado – não é resolvido de forma alguma e as restantes instalações dinâmicas continuam intrusivas e irritantes.

O problema tende a resolver-se através de jogabilidade prolongada - presumivelmente consoante a cache do disco duro começa a encher baseado nas tuas actividades. Uma instalação completa iria obviamente demorar muito mais do que os existentes 40-50 minutos, mas iria assegurar uma melhor experiência desde o início.

De muitas formas, Gran Turismo 5 é um jogo magnífico. O simples volume de conteúdo disponível é quase inacreditavelmente vasto, e os desafios que a Polyphony enfrentou para fazer isto funcionar dentro dos confins da limitada RAM da PS3 deve ter sido considerável. A nossa perspectiva? A solução do estúdio é certa para o jogo, mas a implementação deveria ter sido mesmo muito melhor...

Salta para os comentários (28)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry  |  digitalfoundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (28)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários