Elder Scrolls V: Skyrim com problemas de texturas na Xbox 360

Não o instales no disco rígido.

O frente-a-frente do Skyrim pelo Digital Foundry está em produção, e já passamos algum tempo sobre o problema do stream de texturas que atualmente tem estado em discussão e relatado num vídeo no YouTube, colocado no fim da semana.

O problema apenas se manifesta se tiveres a versão Xbox 360 de Skyrim instalada no disco rígido - um processo que é inteiramente opcional. Neste caso, as texturas de maior resolução parecem ficar guardadas e não são lidas, significando isto que não verás o jogo no seu melhor. Se retirares a instalação, e correres o jogo diretamente do DVD, o melhor trabalho de arte volta para o jogo.

Aqui fica uma pequena comparação sobre o problema. Na primeira imagem, vemos o jogo a correr do disco. Na segunda imagem, apagamos a informação de instalação e corremos diretamente do DVD - e aqui está, texturas em alta resolução. A seguir, experimentamos novamente para nos assegurar que não foi apenas um problema de uma só vez, mas como podem ver, as texturas de baixa qualidade voltaram.

Nesta última imagem, mostramos a mesma cena a correr na versão PlayStation 3 do jogo - que tem uma instalação no disco obrigatória de 4376MB (a versão da Xbox 360 é de 3.8GB, quando copiado para o HDD). Nesta situação, o jogo parece correr bem, com a grande qualidade do trabalho de arte a ser lido.

1
2
3
4
Aqui fica o erro das texturas com o jogo instalado, que é resolvido quando retiramos a instalação. Se voltares a instalar o problema regressa, e isso não se vê na versão da PlayStation 3. Clica nos thumbnails para veres as imagens a 720p

De forma típica, a solução alternativa para os possuidores de uma Xbox 360 é copiar o jogo para uma drive flash USB. A Bethesda falou sobre o jogo usar de forma extensiva a cache do HDD, por isso pensamos que haveria uma possibilidade externa, que fosse um problema de largura de banda. Isto é algo que vimos em Halo 3, que na verdade lê mais rápido se instalares num dispositivo USB.

Infelizmente, no nosso teste com a instalação por USB foi totalmente ignorada, pois o jogo conta com o disco (DVD) e disco duro em primeiro lugar. Apenas quando retiramos completamente o HDD é que a instalação do USB foi usada - e crashou com 15 minutos de jogo. Talvez isto seja algo que deveria ser investigado quando houver uma inevitável atualização, e que resolva este problema.

O pessoal da Bethesda inicialmente negou que houvesse um problema, com o VP, RP e marketing Peter Hines a responder a um cliente, "Não sei que tipo de problemas de texturas estás a falar. O jogo corre da mesma forma no disco e no HDD. Não vemos nenhuma diferença."

No entanto, no fórum oficial foi mais tarde adicionado este comentário:

"O Skyrim usa muitos sistemas dinâmicos de streaming, incluindo as texturas. Vimos alguns relatos de algumas texturas terem caido na Xbox 360, e que não voltam novamente. Verificámos que esse problema não acontece quando jogas diretamente do disco, quando o jogo está a usar a cache como um todo (não instalado)".

"O Skyrim faz um uso intenso do sistema de cache da Xbox 360, e caches ao longo do curso normal do jogo, enquanto estiveres nos menus ou interiores. Esta cache pode ser limpa quando outros jogos são jogados ou quando o utilizador a remover manualmente. Estamos a trabalhar numa solução para a próxima atualização do título, para aqueles que tenham a instalação do jogo".

Esperamos ter uma análise completa do Skyrim, talvez já esta semana. Entretanto aqui fica uma galeria de comparação de Skyrim em formato triplo, com a Xbox 360, PS3 e PC.

Publicidade

Salta para os comentários (15)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (15)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários