120fps transforma Tony Hawk's Pro Skater 1+2 na PS5 e Xbox Series

Testadas todas as melhorias.

Já falamos com entusiasmo de Tony Hawk's Pro Skater 1+2 no passado, o brilhante jogo modernizado pela Vicarious Visions para PC, PS4 e Xbox One, que mantém a genial essência dos originais. É um dos jogos favoritos de 2020 para o John Linneman e relato com alegria que a atualização de nova geração é altamente impressionante, apesar do processo de transição precisar de melhorias e se já o compraste, a Activision quer mais dinheiro pela versão mais recente. A boa notícia é que as atualizações são excelentes.

Antes de passarmos à análise em si, parece que alguns utilizadores estão com problemas e não sabemos bem o porquê, não enfrentámos problemas ao testar o jogo. Talvez seja porque recebemos códigos de análise específicos da Xbox Series e PlayStation 5, que nos permitiram contornar alguns dos problemas que muitos enfrentam, sem precisar de upgrade, não existia código nos nossos discos rígidos, mas o facto é que o jogo funcionou sem problemas. Isto poderá variar, mas vamos acreditar que os principais problemas sejam resolvidos rapidamente pois seja na PS5, Xbox Series X ou Series S, as melhorias são imensas.

THPS1+2 apresenta nas 3 consolas modos de performance e fidelidade. Comecei por testá-lo na Series S, comparando-a com a One X. Existem melhorias gráficas, começando com a anti-aliasing temporal melhorada, o que nos dá uma imagem muito mais estável em movimento. O pós-processamento também foi ligeiramente melhorado, alguns notaram uma cor preta muito esmagada na nova versão, mas para mim, parece tratar-se de uma nova graduação de cor desenhada para uma imagem mais forte. Os efeitos de brilho foram intensificados, os feixes de luz têm maior visibilidade e a qualidade das sombras também foi altamente melhorada.

Análise às melhorias em Tony Hawk's Pro-Skater 1+2 na nova geração

No modo de fidelidade, THPS1+2 tem como alvo uma apresentação a 4K na Series X e PS5, com apenas subtis indícios de resolução dinâmica. Estão lá, mas não são especialmente percetíveis em movimento. O jogo é efetivamente idêntico nas duas consolas e apenas reparei numa curiosa mudança na distância das sombras entre as duas consolas, nenhuma delas tem qualquer tipo de vantagem. A Series S opera com 1440p dinâmica e as mudanças são mais percetíveis, parece operar entre 1260p e 1440p. A performance é 60fps praticamente fixos nas 3 consolas, com apenas uma única queda registada nas consolas Xbox, mas praticamente impercetível durante o gameplay. É uma experiência soberba, mas a única melhoria que faz verdadeiramente diferença é a anti-aliasing melhorada. Diria que a Series S tem melhor aspeto que a One X, apesar da sua GPU menos poderosa.

O modo performance é o grande atrativo, permitindo correr o jogo a 120fps nas 3 consolas. A PS5 e Series X têm como alvo 1440 dinâmica (apesar da Activision o ter publicitado como 1080p120 na PS5) com HUD 4K. Não tenho um ecrã HDMI 2.1 por isso as diferenças em termos de sistema entre a Xbox e PlayStation manifestam-se no meu caso. Na minha Samsung NU8000 posso jogar a 1440p120 na Series X, mas a saída PS5 assume uma imagem muito similar, mas baixa para 1080p120. Apesar da resolução dinâmica ser confirmada para o modo performance, 1440p parece ser a resolução na maioria do jogo. Na Series S também corre com resolução dinâmica variável, mas os ajustes visuais são percetíveis, varia entre 720p e 900p.

O original comparado com as novas versões.

A boa notícia é que a performance e tão sólida a 120Hz quanto a 60fps, com a exceção de alguns pequenos problemas na PS5 e na Series S. A series X é a que consegue a experiência 120fps mais consistente, basicamente fixos. A PS5 tem pequenas quedas quando surgem alguns efeitos visuais (tais como rewind no personagem quando falhas), mas é muito difícil de ver em movimento. Testámos o nível em Nova Iorque durante algum tempo, onde foram registados pequenos problemas nas consolas de anterior geração e a Series X passou sem problema, enquanto na PS5 tivemos pequenos problemas, nada de mais, mas percetível. A Series S fica no meio das duas em termos de performance.

Tudo dito, estas pequenas quedas são a exceção. Seja a 60fps ou 120fps, é uma experiência sólida e devo dizer que as melhorias ao passar para o modo performance são tremendas, recomendo-o vivamente nas 3 consolas. Apenas lamento a falta de suporte para 1440p120 na PS5, uma funcionalidade do sistema abraçada pela Microsoft, mas não pela Sony. Existem muitos ecrãs 1440p120 HDMI 2.0 disponíveis e muitos jogos 120Hz nas consolas nem sequer correm a 4K nativa, significando que passar para um ecrã HDMI 2.1 ainda não é obrigatório, espero mesmo que a Sony faça alguma coisa quanto a isto.

O último ponto são os loadings. Não eram problemáticos, mas melhoraram imenso nas novas consolas. Um nível que demorava 14.5 segundos a carregar na Xbox One X demora 4 a 5 segundos na PS5 e consolas Xbox Series, a consola da Sony é mais rápida, mas por menos de 1 segundo. De forma interessante, descobri que as novas consolas Xbox estão basicamente ao nível do meu PC Core i9 10900K- equipado com um disco NVMe com 3.5GB/s de velocidade. Não é uma melhoria essencial, mas é bom ter isto. Mas a estrela da atualização é o novo modo performance, THPS1+2 a 120fps é simplesmente brilhante. Espero que os problemas que estão a afetar muitos jogadores sejam resolvidos pois a experiência nas novas consolas é de primeira classe.

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Alex Battaglia

Alex Battaglia

Colaborador

Ray-tracing radical, Turok technophile, Crysis cultist and motion-blur menace. When not doing Digital Foundry things, he can be found strolling through Berlin examining the city for rendering artefacts.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Nintendo quer desenvolver mais jogos e séries originais

Para expandir o catálogo de clássicos.

Primeiro teaser de WWE 2K22

Série volta depois de uma paragem.

Lootbox #11 - A E3 2021 em formato Digital

E as nossas hilariantes histórias dos eventos anteriores!

Comentários (3)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários