Microsoft revela o silício da Xbox Series X: será este o maior processador jamais feito para uma consola?

E o que nos diz do seu potencial poder?

A Microsoft continua a preparar a revelação completa da Xbox Series X e agora, Phil Spencer partilhou a mais recente pista sobre a constituição da nova consola. Actualizar imagem de perfil no Twitter com uma imagem de baixa qualidade do silício da Project Scarlett pode não parecer grande coisa, mas quando o objectivo da Microsoft é entregar a consola mais poderosa da próxima geração, agarramos todas as oportunidades que podemos para aprender mais da nova máquina. Tudo indica que temos o maior processador feito para uma consola até à data, solificando as expectativas de incrível performance.

Obter qualquer tipo de medida desta imagem não é fácil. Talvez seja propositado, a imagem é baixa resolução. No entanto, as medidas do silício são importantes. Podemos presumir que o processador da Scarlett será fabricado cm a mesma litografia 7nm dos mais recentes chips Zen 2 e Navi da AMD. Os blocos principais de construção no centro das novas consolas. Comparado com peças da AMD que usam a mesma técnica de produção, podemos ter uma ideia da escala do seu núcleo gráfico.

Descobrir o tamanho do chip da Microsoft dá-nos uma ideia da sua constituição arquitectónica, mais do que isso, o espaço num micro-processador não é barato. Todos os milímetros aumentam os custos de construção e isso conta. Sim, as comparações com peças da AMD são pertinentes, mas comparar com os chips de anteriores consolas também nos dá uma ideia do quanto a Microsoft está a investir nesta nova consola e, consequentemente, quanto custará fabricar uma e quanto pagaremos por ela.

Desde a mensagem inicial de Phil Sencer, David Prien, director sénior de hardware na Xbox, também apresentou uma imagem do novo processador. Uma vez que Spencer já tem uma Xbox Series X operacional, estas amostras do processador são provavelmente restos da linha de montagem, chips com defeito que não passaram pelo controlo de qualidade. Não servem de muito para despachar consolas da fábrica, mas servem para uma boa conversa. Mais uma vez, a nova fotografia é tirada de um certo ângulo, o que não impediu diversos comentadores e tentar medir o tamanho.

Um vídeo sobre a revelação de Phil Spencer e as novidades AMD da CES 2020.

Anteriores tentativas para fazer isto, a partir do trailer da E3 2019, revelaram um processador com uma área perto de 380mm2. Comparado com a Xbox One X, isto representa um aumento de 5.8% no tamanho além da passagem de 16nm para 7nm, por isso temos mais transístores enfiados no chip e mais espaço no topo. No entanto, recentes informações não oficiais e mensagens da Microsoft (sem falar no tamanho da caixa da consola) sugerem uma máquina monstruosa, com prováveis 12 teraflops de poder computacional. Fragmentos das especificações de um recente teste da AMD também sugerem que o chip da Series X apresenta 56 unidades computacionais. Apesar desta fuga de informações estar longe de conclusiva, tudo indica um chip de tamanho sem precedentes.

Tudo isto resultou em vários comentadores online que analisaram as fotos do chio da Scarlett com um olhar quase forense. A distorção da lente e os filtros de correcção de perspectiva no Photoshop podem reformatar as imagens da Microsoft para uma perspectiva aérea tradicional e as medidas podem ser calculadas. No entanto, o que precisamos é de um ponto de comparação real para maior eficácia.

Para começar, imaginei o processador da Scarlett montado no mesmo quadrado de 50mm que rodeia o motor Scorpio da Xbox One X. No entanto, assim que o novo chip é ajustado a essa escala, rapidamente percebes que a área do processador é inferior à da Xbox One X, tem cerca de 90% desse tamanho. Um chip desta área provavelmente não exigiria o extraordinário formato da caixa da Series X, por isso tive de repensar isto.

Análise à revelação da Xbox Series X em Dezembro de 2019.

Também existem outras partes na vida real. Os componentes na superfície, que rodeiam o processador, tendem a ter um tamanho padronizado e neste caso, parecem ter as mesmas dimensões vistas na Xbox One X. Foi com base nisto que o Wccftech produziu uma estimativa razoável, sugerindo algo perto de 401mm2. Isto representaria um aumento de 11.78% sobre a Xbox One X, tornando-se de longe o maior processador jamais feito para uma consola.

Mas permanece alguma ambiguidade. Fundamentalmente, as medidas são feitas a partir de uma imagem de baixa qualidade forçava com filtros Photoshop. Isto pode explicar o porquê dos comentadores terem usado a distância entre os componentes na superfície como base base para as medições. Pessoalmente, pensei em tentar uma abordagem híbrida, através do tamanho dos componentes e área, convertendo a imagem até os componentes em todos os cantos da imagem se alinharem quando o processador da Scarlett é sobreposto em cima do chip da Xbox One X. O meu resultado foi 405mm2, um pouco maior do que a estimativa do Wccftech, quase 13% superior ao motor Scorpio. Uma análise interessante de _rogame no reddit, baseada na imagem de David Prien, dá um resultado muito similar: 407mm2.

A questão seguinte é óbvia: este resultado acrescenta alguma coisa às informações que escaparam ou vai em sentido oposto? Os blocos de construção da Zen 2 e Navi a 7nm são conhecidos e temos vários exemplos deles com os quais trabalhar. A Radeon 5700XT enverga 40 unidades computacionais e um conjunto de funcionalidades que provavelmente vão chegar às consolas e a GPU Navi 10 da AMD ocupa 250mm2 de espaço. Uma CPU Zen 2 octo-core preparada com 'cola' inter-conectividade e cache L3 reduzida comparada com os equivalentes desktop provavelmente teria 65mm2. Combinar estes dois elementos resulta num processador similar ao da PS4 Pro em tamanho, que usava um chip de 325mm2, feito com o antigo processo de 16nm. Por sua vez, a PS4 original entregava 348mm2 a 28nm.

comp3
_rogame produziu o que acredito ser a melhor comparação entre o tamanho dos processadores da Series X vs. Xbox One X.
Tamanho do processador Nódulo de processamento Unidades computacionais/TFLOPs Arquitectura CPU
Xbox Series X Cerca de 405mm2 (não confirmado) 7nm 56/12TF (não confirmado) Zen 2
Xbox One X 359mm2 16nmFF 40/6TF Jaguar
PlayStation 4 Pro 325mm2 16nmFF 36/4.2TF Jaguar
PlayStation 4 'Slim' 208mm2 16nmFF 18/1.84TF Jaguar
PlayStation 4 348mm2 28nm 18/1.84TF Jaguar
Xbox One S 240mm2 16nmFF 12/1.4TF Jaguar
Xbox One 363mm2 28nm 12/1.31TF Octo-Core Jaguar

Presumindo que a medida de 400+mm2 é realista para a Xbox Series X, é um grande tamanho, facilmente capaz de suportar o grande aumento no número de shaders que as recentes informações não oficiais sugerem. Vale a pena ter em conta que a Xbox Series X tem funcionalidades por hardware que não estão presentes nas actuais gráficas Navi, como ray-tracing e VRS, por exemplo. Provavelmente, têm o se impacto no tamanho do processador da Scarlett.

No entanto, se parares para pensar um pouco, o facto é que estamos a tirar conclusões a partir de imagens que foram alteradas e modificadas, mas apesar das minhas reservas sobre as minhas próprias habilidades com o Photoshop, os resultados e metodologia deste comentário no reddit são muito sólidos. As medidas precisas do chip provavelmente serão reveladas com as especificações finais, tal como aconteceu com a Xbox One X, mas a Microsoft conseguiu o que queria, o nível de entusiasmo continua a aumentar a Xbox Series X parece cada vez mais monstruosa do que imaginávamos.

Talvez esteja a ser demasiado cínico, mas diria que revelações controladas como este são pensadas para gerar este tipo de discussões e debate, acho que funciona! A conclusão que tiro disto é que apenas reforça o que pensava sobre a revelação da consola em Dezembro. Os limites tradicionais para o design de consolas estão a ser redefinidos. A Microsoft que a caixa com melhor performance e por isso, o processador é o maior que conseguiram criar e isto exige uma caixa maior e inovação na forma como dissipa o calor. Reforçar no derrube de barreiras também cria questões em torno do custo de fabrico da consola e do quanto a Microsoft vai pedir por ela. A revelação das especificações certamente será feita em breve, mas provavelmente teremos de esperar até à E3 por mais especificações sobre o preço da consola

Publicidade

Salta para os comentários (43)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

GeForce Now perdeu os jogos da Activion devido a um desentendimento

A editora quer um acordo para a versão final do serviço.

Catherine: Full Body classificado para a Switch

Será que Vincent chegará à consola da Nintendo?

Também no site...

Catherine: Full Body classificado para a Switch

Será que Vincent chegará à consola da Nintendo?

GeForce Now perdeu os jogos da Activion devido a um desentendimento

A editora quer um acordo para a versão final do serviço.

Comentários (43)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários