Mafia: Definitive Edition - tecnologia impressionante que prepara o terreno para a próxima geração

Testado em todas as consolas.

Mafia Definitive Edition está finalmente disponível e é o primeiro jogo da série aquele que apresenta a tecnologia mais avançada entre todos, incluindo uma fascinante alternativa por software para reflexos ray tracing.

É uma funcionalidade presente em todas as consolas, onde as diferenças são mínimas e quase tudo está igual. Curiosamente, a PS4 Pro e a Xbox One X operam a 1440p nativa, mas a consola da Microsoft desfruta de melhor qualidade das sombras e oclusão ambiental, juntamente com 30 mais estáveis. Entre a PS4 e a Xbox One temos a normal diferença de 1080p/900p, mas todas as versões usam anti-aliasing temporal, o que apresenta problemas de mistura. Como acontece frequentemente, é na Xbox One que encontras mais compromissos, reparei de imediato em problemas no cabelo e outros detalhes mais delicados. O trâfego na cidade é muito similar em todas.

Em movimento, os vestígios da checkerboard ou algo que parece ser isso, é visível em todas as consolas, mas é difícil ver isto. Além disso, pouco diferencia as consolas, todas operam com um máximo de 30fps e com v-sync, excepto a PS4, que exibe screen-tear quando o jogo não consegue aguentar a performance desejada. A Xbox One X fica no topo, com um rácio de fotogramas muito consistente, seguida pela PS4 Pro, onde podem surgir quedas para meios 20s. Olhando para as consolas originais, a experiência não é tão estável. A maioria do jogo corre a 30fps, mas inevitavelmente surgem quedas e trepidação perceptível na transição entre câmaras, algo que se vê bem na primeira missão. A PS4 e a Xbox One estão no mesmo patamar, as quedas são acentuadas nas duas. A diferença é que a PS4 apresenta screen-tear.

O Digital Foundry testa o remake de Mafia em todas as versões.

O mais interessante é a forma através da qual a Hangar 13 melhorou o jogo. Primeiro, a cidade Lost Heaven foi incrivelmente melhorada, o mapa original é usado como a base, mas foi construía nova geometria por cima. O esquema é familiar para os fãs, mas as áreas circundantes foram expandidas sobre o original e totalmente integradas no mapa, para que possas viajar ininterruptamente entre elas. O resultado é um mapa com tamanho similar ao de Mafia 2, mas o terceiro jogo ainda tem o maior mapa de todos.

A qualidade triunfa sobre a quantidade e o remake de Mafia está num outro nível, quando comparado com os outros jogos da série. A abordagem à renderização física foi atualizada para GGX PBR, permitindo ajustar parâmetros como robustez nas texturas. É um modelo PBR que se está a tornar cada vez mais popular nos filmes e jogos e substitui a abordagem antiga, usada nos anteriores jogos Mafia. A gestão da memória das texturas também foi reakustada, assegurando uma maior consistência entre a qualidade dos assets todos.

O modelo de iluminação e reflexos também foi melhorado com um sistema de iluminação global personalizado, que simular mais corretamente a forma como a luz ressalta entre superfícies. A equipa na Hangar 13 explicou-me que esta é a melhoria mais importante feita à renderização desde Mafia 3 e é demonstrada em grande estilo nas cutscenes. É totalmente dinâmica, em tempo real e permite aos artistas preparar luzes com satélites cube-map para um resultado mais imediato a nível do editor. Noutras palavras, o jogador tem resultados mais realistas da apresentação do mundo, enquanto os artistas podem trabalhar mais rapidamente e com mais eficiência.

Eis um olhar à impressionante versão PC do jogo.

Estes sistemas estão ligados aos materiais melhorados e ao novo sistema de reflexos. Mafia Definitive Edition não entrega ray tracing por assim dizer, mas é uma solução por software que produz resultados surpreendentes. Isto usa screen-space como ponto de partida, abordagem similar à da maioria dos jogos modernos, usando o que é visível dentro da câmara do jogador para desenhar um reflexo. Mafia Definitive Edition vai um pouco mais além, conseguindo melhores resultados. Pode rastrear um rio, encontrar cor num cube-map com dados de iluminação de alta qualidade. Isto é depois renderizado no ritmo do jogo para ter em conta o clima e iluminação, de acordo com a equipa. A partir daqui, essa cor e desenhada dentro da cena à volta do jogador, nas poças e ruas molhadas.

Em movimento, os reflexo de Definitive Edition têm um aspeto muito polido. Por vezes, existem pequenos problemas na oclusão, como os reflexos dos postes de eletricidade, que aparecem à frente de um carro que cruza com eles. Mas no geral, é uma das melhores abordagens e das menos dadas a vestígios que já vi nesta geração de consolas. Se isto é possível num hardware restrito pela GPU, estou curioso para ver o que a Hangar 13 fará na próxima geração.

Este é um remake muito impressionante do primeiro Mafia, com visuais frequentemente espantosos. A performance pode apresentar problemas nas consolas de atual geração, mas nunca vimos a série Mafia com tão bom aspeto. Passaram 4 anos desde Mafia 3 e a melhoria é palpável, reflexos muito melhorados e iluminação global são os destaques e o futuro parece promissor. O que tem bom aspeto e performance hoje, especialmente na Xbox One X, deixa boas indicações para o futuro. Com melhor resolução, rácio de fotogramas ou ambos, este jogo pode transformar-se na PS5 e Xbox Series X. A longo prazo, fica a sensação que estão estabelecidos os alicerces para algo mais ambicioso e provavelmente um Mafia 4 deverá estar já a ser planeado?

Salta para os comentários (38)

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Conteúdos relacionados

Digital FoundryTodos os jogos da PS5 e Xbox Series X com suporte para 120fps

E ainda as recomendações do Digital Foundry para TVs e monitores de 120Hz.

PS5 chegará com apps Disney+, Netflix, Spotify, Youtube e mais

Existirá um centro Media de fácil acesso.

Hideo Kojima confirma um novo projeto em desenvolvimento

Quer o melhor talento para trabalhar nele.

Também no site...

Comentários (38)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários